quarta-feira, 11 de março de 2009

Mauricinhos também sofrem

Inspirado no colega Daniel Piza, segue "uma lágrima para" os jovens bilionários que estão passando pelo aperto descrito abaixo, em reportagem da Folha Online. Realmente, a crise é dura e afeta muita gente. No entanto, é sempre um alento verificar que tudo na vida tem um lado bom (menos os discos do Fagner)...

Fortunas de bilionários mais jovens caem 30% com crise, diz "Forbes"

A crise econômica global, que jogou algumas das principais economias mundiais em recessão afetou as fortunas dos 20 bilionários mais jovens do mundo, segundo reportagem do site da revista "Forbes". Segundo o texto, a fortuna média do grupo ficou 30% menor --US$ 2,9 bilhões, contra US$ 4,1 bilhões um ano antes.

As idades dentro do grupo, por sua vez, aumentaram. Na lista de 2008, os 20 integrantes da lista tinha menos de 36 anos. Na deste ano, as idades vão de 25 a 40 anos --a média ficou em 35 anos, contra 32 do ano passado.

4 comentários:

  1. Bom, quanto à nota não tenho nada a comentar e se eles perderam alguém deve ter achado.
    Agora, dizer que "tudo tem um lado bom, menos os discos do Fagner", na era do DVD e do Pendrive, denuncia antiguidade.

    ResponderExcluir
  2. Que isso, galera!

    Que absurdo!

    Muito me admira um blog respeitável destes fazendo este tipo de troça!!!

    Onde já se viu?

    Fagner bão demais, sô!

    ResponderExcluir
  3. Quanto ao Fagner, nada a acrescentar. Quanto aos Mauricinhos, justifica-se o pânico dos Frias em SP. Como ampliar o patrimônio, trocar de barco, atualizar a Ferrari em tempos de crise?
    Tadinhos... quanto ao trabalhador, assalariado ou não, tudo segue como antes e com perspectivas melhores.

    ResponderExcluir
  4. É. Forçou. Melhor seria ter dito "os discos de funk carioca".
    Ontem eu li, não lembro onde ( se lembrar eu digo depois ), que o emplacamento de carros importados aumentou.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.