domingo, 10 de maio de 2009

Heloísa: xingue menos e explique mais

Dá até pena a nota oficial da ex-senadora Heloísa Helena sobre o uso de passagens aéreas após o término de seu mandato. O pessoal do PSOL podia pelo menos contratar uma boa assessoria de imprensa para evitar o ridículo, como se pode ver abaixo. A ex-senadora nada explica e tenta desqualificar a denúncia. Chama atenção a frase "NUNCA fiz nenhuma Ilegalidade ou Imoralidade na minha vida Pública ou Privada". Este blog não duvida da atual vereadora de Maceió e presidente do PSOL, mas acha que quem posa de virgem no bordel corre sério risco de se ver contraditada por alguma bobagem cometida, ainda que de menor importância.

Heloísa Helena deveria ouvir mais o decano de seu partido, ex-deputado Plínio de Arruda Sampaio, com quem o autor deste blog trabalhou por meia década. Plínio dizia que um dos grandes erros do PT - legenda com a qual rompeu - era justamente o discurso excessivamente moralista. Para o ex-deputado, não dá para prometer honestidade total porque um partido é constituído de seres humanos, gente que erra e peca. Ele sempre defendeu que o PSOL (e o PT, durante o tempo em que militou no partido) faça o embate político, se apresente como alternativa real de poder, e deixe de lado o discurso neo-udenista que vem sendo utilizado nos últimos anos pela ex-senadora. Uma pena que Heloísa Helena prefira vestir o figurino de uma Lacerda de saias.

DECLARAÇÃO DE HELOISA HELENA

A presidente nacional do PSOL, Heloísa Helena, declara que notícia distribuída pelo site "congresso em foco" a seu respeito, em "farra das passagens aéreas", onde coloca todos na vala comum em desrespeito ao dinheiro público. No afã de obter sucesso, joga lama em todos. Para ser honesto e fazer o bom jornalismo, como quer se mostrar, o site deveria divulgar a sua fonte e para quem o serve, quando veicula este tipo de "fato" onde predomina o modismo, criar factóides para circular em desacreditados jornais de circulação nacional.

"Não faço parte de nenhum dos bandos políticos de Alagoas e Brasília que fazem orgias, políticas e sexuais, com dinheiro público roubado."

Declaração.

"Tenho a minha CONSCIÊNCIA ABSOLUTAMENTE TRANQUILA, pois TUDO que foi feito durante o meu HONRADO Mandato de Senadora está TOTALMENTE de acordo com a Legalidade Institucional vigente. NUNCA fiz nenhuma Ilegalidade ou Imoralidade na minha vida Pública ou Privada. Repito NUNCA! NÃO faço parte de nenhum dos Bandos Políticos de Alagoas e Brasília que fazem orgias, políticas e sexuais, com dinheiro público roubado. NUNCA patrocinei passagens aéreas para Marginais que viajam para articular o Propinódromo da Roubalheira do Eixo Alagoas/Brasília.

USEI as passagens TOTALMENTE de acordo com o que estabelecia a Legislação Vigente. Repito TOTALMENTE de acordo com a Legislação vigente! SE eu gostasse de safadeza política eu teria uma Aposentadoria Parlamentar de R$ 8 mil reais, e abri mão sem pestanejar por não reconhecer legalidade no fato. NUNCA usei o Plano de Saúde de Ex-Senadora como tenho direito exatamente por não reconhecer legalidade no fato. "E para encerrar, Desafio o Jornal que deu manchete com o meu nome a publicar como foram utilizadas TODAS as passagens de TODOS os Deputados Federais e SENADORES de Alagoas."

Heloísa Helena
Presidente Nacional do PSOL

4 comentários:

  1. Paulo Maurício Machado10 de maio de 2009 19:19

    Fiquei tão estarrecido com este post, Luis Antônio, que custei a acreditar, de tão absurdo. Fui então dar uma espiada no site do PSOL e não é que essa coisa está mesmo lá? Cara, como é que pode um negócio desses? Esse pessoal pirou de vez, pulou de cabeça no ralo da História.

    Concordo inteiramente com você quanto à questão da Helô posando de virgem no bordel, o que me fez lembrar da charge oportuníssima do genial caricaturista Baptistão. Vale a pena dar uma olhada pois está mais atual do que nunca: http://baptistao.zip.net/arch2006-11-01_2006-11-30.html

    ResponderExcluir
  2. 10/05/09

    Aos detratores de Heloisa Helena:

    Acompanhei a vida parlamentar dessa cidadã alagoana durante o tempo em que foi Senadora.

    Não há nada que a desabone em sua vida pública: é séria, honesta, limpa, desassombrada ao enfrentar a corja que se une ao PT, fez campanha com apenas R$ 100.000,00; se muito tivesse, teria sido eleita, pois ESSA, SIM, DEVE SER A CANDIDATA DE TODOS OS BRASILEIROS Á PRESIDÊNCIA DA NOSSA REPÚBLICA, DE NOSSO BRASIL TRAÍDO, ROUBADO E JOGADO Á LAMA INTERNACIONAL DE JULGAMENTO SOBRE A CORRUPÇÃO BRASILEIRA!ESTA SENHORA É ÍNTEGRA, NÃO SE CORROMPE E É POR ISSO QUE É TÃO EXECRADA PELA SÚCIA DE INCOMPETENTES, INVEJOSOS DE SUA CORAGEM EM ENFRENTAR O PT COM SEU PRESIDENTE, QUE A "ESFAQUEOU PELAS COSTAS", COMO FEZ A TODOS NÓS BRASILEIROS!

    HELOISA HELENA - PRESIDENTE DO BRASIL!

    LULA SE ASSOCIOU Á ELITE BRASILEIRA E ESQUECEU A SUA ORIGEM; DEVE TER VERGONHA DO QUE FOI,MAS ESCONDE. QUER POSAR, ELE SIM, DE "POBREZINHO NORDESTINO", de PAU-DE-ARARA SOFREDOR, DE METALÚRGICO DEDICADO E DE ESTADISTA! FALTA-LHE MUITO PARA ESSE ÚLTIMO ESTÁGIO!

    ResponderExcluir
  3. Pedro P. Tardelli11 de maio de 2009 11:52

    Caramba! Quanta ira na nota da ex-senadora e do fã acima. Quem não deve, nada deve temer. O direito de duvidar de qualquer político todo cidadão tem! Prá enaltecer a HH não é preciso desqualificar o presidente Lula! Quando HH assumir o comando do país ela terá a mesma chance que Lula de tornar-se tão ou mais popular que ele. Depois do jogralzinho Psol + demo-tucanos (e o micro-apêndice pps) na época do mensalão e das eleições presidenciais torna bem clara e racional a análise do citado Plínio de A. Sampaio.

    ResponderExcluir
  4. Paulo Maurício Machado11 de maio de 2009 16:02

    Perfeito esse comentário do Tardelli. Taí um exemplo de equilíbrio e ponderação a ser seguido - ao contrário do Morani, que não fala, berra. Bem ao estilo histérico da sua musa. Fazer o que?

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.