segunda-feira, 4 de maio de 2009

Como manipular uma notícia

O que vai abaixo é uma matéria da Folha Online sobre a venda de automóveis em abril. A reportagem ganhou manchete do UOL, com o título "IPI reduzido não segura venda de carros em abril". O tom negativo das chamadas é evidente, mas a notícia revela um dado extremamente positivo, lá pelo meio da matéria: "No ano, já foram vendidos 866.382 automóveis e comerciais leves, resultado 0,14% superior ao registrado entre janeiro e abril do ano passado (865.172)."

Ora, se no primeiro quadrimestre de 2009 já foram vendidos mais carros do que no mesmo período de 2008, quando a economia estava bombando como "nunca antes neste país", então há alguma coisa errada com os títulos da Folha Online e do UOL. A notícia relevante é a de que apesar da crise, a indústria automobilística opera no azul, ao contrário do que ocorre nos paises mais afetados pela crise (EUA, especialmente), onde a produção e as vendas despencaram mais de 30%, em média. Para o pessoal da Folha, porém, o que interessa mesmo é vender uma crise muito mais grave do que a real (que já não é brinquedo). O que está por trás desta postura é simples: vontade de ver a popularidade do presidente Lula lá embaixo. O problema é que o povão não julga os fatos pelo que lê no jornal, como restou provado na eleição de 2006, mas pelo que de fato está acontecendo nas ruas. E se a turma está comprando carro como em 2008, tão mal as coisas não estão...

Venda de automóveis cai em abril mesmo com IPI estendido; veja ranking

KAREN CAMACHO
da Folha Online

A prorrogação dos descontos de IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) pelo governo não foi suficiente para manter as altas nas vendas de automóveis e comerciais leves em abril, segundo dados antecipados pela Folha Online. O desempenho ficou abaixo de março deste ano e de abril de 2008. No resultado por marca, a Fiat liderou o mercado.

Foram vendidos 224.411 automóveis e comerciais leves no mês de abril (sem contar caminhões, ônibus e motos), queda de 13,9% sobre março deste ano (260.924) e de 9,48% sobre abril de 2008 (247.926).

No ano, já foram vendidos 866.382 automóveis e comerciais leves, resultado 0,14% superior ao registrado entre janeiro e abril do ano passado (865.172).

Ranking

A Fiat foi a montadora com maior participação de mercado em abril (25,9%), considerando apenas automóveis e comerciais leves, à frente da Volkswagen (23,5%), General Motors (18,1%) e Ford (10,7%).

O carro mais vendido no período foi o Gol (VW), com 22.603 unidades. Em segundo aparece o Palio (Fiat), com 16.299 unidades, e, depois, o Uno (Fiat), com 13.766 veículos vendidos.

As medidas tomadas pelo governo --liberação de linha de crédito e redução do IPI -- tiveram efeito maior entre janeiro e março, mas o governo esticou os descontos até junho.

Veja ranking dos automóveis mais vendidos em abril:

1. Gol (VW) -- 22.603
2. Palio (Fiat) -- 16.299
3. Uno (Fiat) -- 13.766
4. Fox/CrossFox (VW) -- 11.554
5. Celta (GM) -- 9.762
6. Siena (Fiat) -- 9.255
7. Voyage (VW) -- 6.904
8. Corsa classic (GM) -- 6.713
9. Ka (Ford) -- 6.435
10. Fiesta (Ford) -- 6.092

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.