sexta-feira, 29 de maio de 2009

Coisa fina

Mais uma do blog Coturno Noturno, do tal coronel ultradireitista, para os leitores terem ideia do que vai pela cabeça dessa gente. Desta vez, o que é muito raro, Fernando Henrique está coberto de razão - o mínimo que se espera de uma autoridade com bom senso é discutir a questão das drogas para minimizar a violência no país - são 50 mil homicídios por anos no Brasil, a maior parte relacionada ao tráfico de drogas...

    FHC e a sua marcha da maconha.
    E Fernando Henrique Cardoso continua a sua marcha particular em favor de uma nova postura global frente à maconha. Agora está Londres para participar de um evento da Comissão Latino-Americana para Drogas e Democracia. O ex-presidente afirmou ao diário britânico The Guardian, um dos mais influentes do país, que é chegada a hora para uma "mudança de paradigma" no debate sobre as drogas. "A guerra contra as drogas é baseada na corrupção. Como as pessoas podem acreditar na democracia se a regra da lei não funciona? Os usuários deveriam ter acesso a tratamento e não à prisão", disse Fernando Henrique. Enquanto isso, no Brasil, o PT descia o porrete na sua gestão no programa de TV, a CPI da Petrobras ameaçava investigar o seu mandato e deputados tucanos assinavam a proposta de PEC para o terceiro mandato de Lula. Não é um barato, bicho? É bicho tucano, valeu?

    Postado por Coronel às 09:30:00 9 comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.