segunda-feira, 7 de agosto de 2006

Lula lidera e Heloísa tem 12% no Paraná

A situação não anda mesmo nada boa para Geraldo Alckmin (PSDB). Mais uma pesquisa atesta o crescimento da candidatura de Heloísa Helena (PSOL), conforme a notícia abaixo, da Agência Estado. O Paraná é um dos Estados mais conservadores do País, salvo engano foi lá que Fernando Collor teve a sua melhor votação em 1989. Mas Alckmin não consegue deslanchar, mesmo com o acordo que fez com Roberto Requião (PMDB), cuja candidatura é apoiada pelo PSDB em troca da neutralidade do governador na eleição presidencial. Se Requião estivesse pedindo votos para Lula, a situação poderia ser ainda pior...

Lula e Requião lideram pesquisa no Paraná

De acordo com o Ibope, o presidente está com 7 pontos percentuais à frente de Alckmin e Roberto Requião lidera com 39% nas intenções de voto para o governo do Estado

Evandro Fadel


CURITIBA - A primeira pesquisa feita pelo Ibope, com abrangência estadual no Paraná, mostra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 7 pontos porcentuais à frente de Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa eleitoral. Dos 1.008 eleitores ouvidos entre os dias 2 e 4 de agosto em 55 municípios para a Rede Paranaense de Comunicação/Gazeta do Povo, Lula está com 35% das intenções, enquanto Alckmin aparece com 28%. Na terceira colocação vem a candidata do PSOL, Heloísa Helena, com 12% das preferências. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Os representantes do PDT, Cristovam Buarque, e do PCO, Rui Costa Pimenta, aparecem com 1% cada um. Os nomes dos candidatos José Maria Eymael (PSDC) e Luciano Bivar (PSL) não foram apontados por ninguém. Os votos nulos e brancos somaram 7% e os que se declararam indecisos ou não opinaram foram 14%. No caso de um possível segundo turno entre Lula e Alckmin, o ex-governador de São Paulo leva vantagem, com 42% das preferências contra 40% concedidos ao presidente.

Para o governo do Paraná, o atual governador Roberto Requião (PMDB) está na dianteira, com 39% das intenções de voto, contra 24% de Osmar Dias (PDT). O terceiro posto é de Rubens Bueno (PPS), com 7%, seguido de Flávio Arns (PT), que tem 3% das preferências, e Ana Lúcia Pires (PRTB), com 1%. Os candidatos Melo Viana (PV), Luiz Adão Marques (PSDC), Luiz Felipe Bergmann (PSOL), Jorge Luiz Martins (PRP), Antônio Roberto Forte (PSL) e Ivo Souza (PCO) não foram citados. Os votos brancos e nulos alcançaram 8% e os que não souberam ou não quiseram responder, 18%.

Em um eventual segundo turno, Requião leva vantagem sobre os principais concorrentes: 49% a 33% contra Osmar Dias, 59% a 20% contra Rubens Bueno e 59% a 16% se a disputa for com Flávio Arns. Numa simulação entre Osmar Dias e Rubens Bueno, o primeiro venceria com 53% a 17%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.