quinta-feira, 24 de agosto de 2006

Lula amplia vantagem sobre Alckmin no Paraná

Mais uma pesquisa boa para Lula, desta vez no Paraná. Números abaixo, em matéria reproduzida da Agência Estado.


Pesquisa mostra que Lula tem 41% das intenções de voto e Alckmin 30%

Evandro Fadel


CURITIBA - O início do horário eleitoral gratuito aparentemente foi mais benéfico para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, no Paraná. Pesquisa do Ibope, divulgada pelo jornal Gazeta do Povo, nesta quarta-feira, 24, mostra que ele ampliou a vantagem que tinha sobre o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, na corrida presidencial, em relação aos números do dia 6. Ambos subiram, mas enquanto Alckmin ascendeu de 28% para 30%, Lula saltou de 35% para 41%.

Entre os 1.008 eleitores ouvidos entre os dias 20 e 22, 10% optaram por Heloísa Helena (PSOL), dois pontos porcentuais abaixo do que conseguira anteriormente. Cristovam Buarque (PDT) manteve o quarto lugar, passando de 1% para 2% das intenções de voto. A candidata do PRP, Ana Maria Rangel, conseguiu 1%, enquanto os demais candidatos não atingiram este índice.

Os votos brancos e nulos baixaram de 7% para 5%, e aqueles que não sabem ou não opinaram reduziram-se de 14% para 11%. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Num possível segundo turno entre Lula e Alckmin, houve inversão dos números. Enquanto na primeira pesquisa, o tucano venceria com 42% dos votos contra 40% de Lula, desta vez os eleitores confeririam 45% dos votos ao petista e Alckmin manteria os mesmos 42%.

A rejeição a Lula também caiu de 35% para 30%, enquanto o tucano subiu de 11% para 12%. Os eleitores aumentaram a rejeição sobre Heloísa Helena, de 12% para 17%, e sobre Cristovam Buarque, de 8% para 11%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.