domingo, 20 de agosto de 2006

Geraldo Alckmin diz que a campanha ainda não começou. E alguém sabe quando começa?

O ex-governador Geraldo Alckmin está perdendo o senso do ridículo. Conforme reportagem da Agência Reuters, reproduzida abaixo, o candidato do PSDB à presidência disse neste domingo que a campanha eleitoral "ainda nem começou". É, pelo visto esse pessoal apressado é que está atrapalhando os planos do candidato, mas alguém podia ter perguntado a ele quando é que a campanha terá início. Lula, Heloísa Helena e Cristovam Buarque aguardam ansiosamente a resposta.


Alckmin minimiza pesquisa e diz que campanha "nem começou"
20 Aug 2006 15:31
SÃO PAULO, 20 de agosto (Reuters) - Quase uma semana depois do começo do horário eleitoral gratuito no rádio e na TV, que sempre foi apontado pelo candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, como o marco inicial da disputa presidencial, o tucano procurou neste domingo minimizar o resultado da última pesquisa de intenções de votos dizendo que a campanha ainda "nem começou".

"As diferenças são mínimas e a campanha nem começou. É 2 ou 3 pontinhos e já está no segundo turno", disse Alckmin a jornalistas, tentando mostrar otimismo, apesar de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estar com 11 pontos percentuais a mais que a soma de seus adversários, o que garantiria hoje sua reeleição já no primeiro turno.

O tucano, que participa de uma feijoada no barracão da escola de samba Império de Casa Verde, bicampeã do Carnaval paulistano, ressaltou que "segundo turno é outra eleição" e que nele suas chances são muito maiores.

"Não vou fazer uma campanha errática, baseada em pesquisas", disse o candidato, repetindo declaração da véspera.

Pesquisa Ibope divulgada na última sexta-feira mostrou Lula com 47 por cento das intenções de voto, seguido por Alckmin, com 21 por cento, e a senadora Heloísa Helena (PSOL), com 12 por cento.

"É evidente que (fora de São Paulo) não me conhecem. Você ainda tem uma audiência baixa na televisão, mas a mensagem está sendo bem recebida... você percebe já nas ruas uma grande mudança, as pessoas já começam a querer conhecer, saber o que fez", acrescentou.

Antes de conversar com os jornalistas presentes, Alckmin fez um rápido discurso voltado à comunidade negra, usando como referência a vida de São Benedito, exemplo de humildade e que é o homenageado na escola de samba neste domingo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.