sábado, 5 de agosto de 2006

Helena sobe e Lula se recupera entre gaúchos

Mais uma má notícia para o tucano Geraldo Alckmin: no Rio Grande do Sul, estado em que liderava com folga as pesquisas de intenção de voto, o jogo mudou. O presidente Lula se recuperou e aparece já empatado tecnicamente com Alckmin (30% a 28%). Heloísa Helena surpreende subindo para quase 17% das intenções de voto. Confira abaixo, na reportagem publicada originalmente no site UOL, a situação eleitoral no Rio Grande do Sul, inlcuindo a simulação para governador do Estado.

No RS, Rigotto tem 28% e Olívio, 23,1%; Heloísa salta para 16,8%

Da Redação, Em São Paulo
O governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto (PMDB) lidera a disputa pelo governo do Estado, seguido pelo ex-governador Olívio Dutra (PT), segundo levantamento do Centro de Pesquisa Correio do Povo divulgado neste sábado (5/8). Rigotto tem 28% da intenção de voto dos gaúchos, e Dutra, 23,1%.

Os números mostram que prossegue acirrada a disputa pelo governo. Considerando a margem de erro de 2,5 pontos percentuais, para cima ou para baixo, há empate técnico entre o petista e o peemedebista, já que a distância entre eles é de 4,9 pontos percentuais.

A candidata tucana Yeda Crusius pontuou com 12,8%, e Alceu Collares (PDT) com 8,3%. Nestas colocações intermediárias, também se registra empate técnico entre a tucana e o pedetista, separados por 4,5 pontos percentuais.

A pesquisa foi realizada em 55 municípios gaúchos entre os dias 2 e 4 de agosto. Em relação ao levantamento anterior do mesmo instituto, de 12 a 14 de julho, Rigotto estabilizou, Olívio oscilou para cima, Yeda e Collares oscilaram para baixo, dentro da margem de erro.

Os eleitores foram indagados sobre suas preferências logo após as visitas dos presidenciáveis Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB) ao Estado, no final de semana passado.

Os demais candidatos a governador obtiveram os seguintes índices: Francisco Turra (PP), 3,4%; Beto Grill (PSB), 1,6%, Roberto Robaina (PSOL), 0,4%; Giordano (PCO), 0,3%, Pedro Couto, 0,3%; Edison Souza (PV), 0,1%. Brancos e nulos somaram 10,4%, enquanto os indecisos são 11,3%.

A pesquisa foi encomendada e divulgada pelos veículos da Empresa Jornalística Caldas Jr.

Disputa presidencial
Alckmin continua à frente na preferência dos gaúchos para presidente, com 30,5%, mas a vantagem sobre Lula (28,8%) caiu em relação ao levantamento anterior. A surpresa foi o salto de Heloísa Helena de 9,9% em julho para 16,8% em agosto, um índice bastante superior à sua média nacional, que vai de 8% a 11% em levantamentos recentes.

Na corrida presidencial, Cristovam Buarque (PDT) pontua com 1,2% no Rio Grande do Sul. Os demais candidatos têm índices de 1% (como Ana Maria Rangel) ou menos. Votos nulos e brancos somam 9,4%, e 10,4% dos entrevistados não opinaram.

A pesquisa foi registrada no TRE com o número 049977/2006.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.