quarta-feira, 9 de agosto de 2006

Alckmin terá 3 horas para virar o jogo

O candidato tucano Geraldo Alckmin terá, no total, 3 horas de tempo no rádio e televisão para tentar reverter a liderança do presidente Lula nas pesquisas e virar o jogo. É isto mesmo: somando os minutos que tem em seus programa com as inserções de 30 segundos, o total disponível é de 3 horas. Alckmin aposta todas as suas fichas na propaganda da televisão, mas o fato é que nesta eleição a TV pode ter um papel menor do que já teve no passado. Quando houve a eleição de Collor, havia uma hora de propaganda diária. Como naquele ano só houve eleição de presidente, toda a propaganda política girou em torno dos temas nacionais. Neste ano, diferentemente, serão apenas 3 dias para os presidentes – nos demais, haverá propaganda dos governadores, deputados e senadores. O debate mais pulverizado favorece, é claro, quem está na frente. A parada para Alckmin está realmente duríssima. Ele pode até ser eleito presidente, mas se conseguir, será a prova viva de que a fé move montanhas. A Opus Dei iria gostar...

Um comentário:

  1. Luiz, tenho pra mim que mesmo se tivesse 24 horas na TV, com aquele carisma dele, não conseguiria virar o jogo. Gostei bastante do seu blog, onde cheguei através do Jens. Te convido a visitar o http://marconileal.zip.net/ Abração!

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.