quinta-feira, 2 de abril de 2009

Tasso vai devolver o tutu?

Cada dia, a sua agonia. A bola da vez é o senador tucano Tasso Jereissati (CE), que a despeito de possuir um avião e cabedal para flanar pelo país às suas próprias expensas, preferiu nos últimos anos passar para a viúva a conta dos fretamentos de jatinhos (viajar de avião de carreira, nem pensar...). É realmente bom ser muito rico e ter quem pague as contas mais banais, coisa de meio milhão de reais, segundo apuração do bom repórter Fernando Rodrigues, da Folha de S. Paulo.

A grande questão, porém, ainda não está clara e será tema de um texto mais alentado, as ser publicado aqui na noite de hoje: por que tantas denúncias sobre congressistas - dos mais variados partidos, diga-se de passagem – estão aparecendo diariamente na mídia? Ok, essa gente faz coisa errada todo dia, mas nos últimos 5 anos repórter algum foi atrás do quanto fulaninho gasta com aviões, do outro que contrata a filha do ex-presidente ou daquele que empresta o celular funcional para a filha dar notícias no exterior. Este blog tem uma hipótese para o que está em curso e vai apresentá-la mais tarde. Não agora, pois há trabalho pela frente... Enquanto isto, fica a pergunta: o PSDB vai eticamente cobrar a devolução do din-din que Tasso, ex-presidente nacional na legenda, gostosamente dispendeu com os fretes dos jatinhos? O nobre senador passará a frequentar as filas dos aeroportos e tomará aviões de carreira quando a sua aeronave estiver com problemas? Sofrimento de tucano, como se vê, é outra coisa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.