segunda-feira, 27 de abril de 2009

Até a Míriam condena propaganda do PPS

O que vai abaixo é uma nota do blog da colunista global Míriam Leitão. Acontece uma vez a cada milênio: desta vez Míriam tem razão. Faltou dizer que o PPS faz o papel de laranja de José Serra (PSDB), dizendo aquilo que os tucanos não têm coragem de dizer, até porque sabem que é baixaria pura e simples. Doravante, o deputado Raul Jungmann, mentor da propaganda, será tratado aqui no Entrelinhas como Raul Laranjão. Até a campanha de 2010 o cítrico parlamentar terá muito trabaho pela frente...

Poupança
Propaganda do PPS é um despropósito

É um despropósito a propaganda do partido PPS que tem sido veiculada, como foi na noite de sábado.

Ela acusa o governo Lula de querer "mexer"na poupança como o governo Collor.

O que o governo Lula pretende fazer com a poupança não tem nada a ver com o que fez o governo Collor.

Collor fez "confisco" e prendeu as aplicações nos bancos por dois anos.

Lula pretende diminuir a rentabilidade da poupança alegando que precisa abrir espaço para queda dos juros. Sobre o assunto, o próprio Lula não é sincero quando diz que faz isso para "proteger" os pequenos poupadores. A verdade é que ele pretende fazer isso para que a poupança não fique mais atrativa que os fundos de investimento que compram títulos públicos e que são os produtos oferecidos aos poupadores com maior poder de poupança.

O confisco do Collor e a mudança de remuneração da poupança não podem ser comparados e fazer isso é manipular um velho trauma brasileiro.

A maioria dos economistas acredita que hoje a remuneração da poupança em TR mais 6% e sem recolhimento de IR é um teto para a queda dos juros. A queda da Selic torna menos rentáveis os títulos públicos. Com isso, os investidores podem passar a botar o dinheiro na poupança. E o Tesouro terá dificuldades em rolar a dívida. Está criado um desajuste macro. Por outro lado, os bancos bem que poderiam reduzir suas taxas de administração dos fundos para, pelo menos, garantir mais rentabilidade nos fundos.

A briga política quando chega na economia provoca muitas distorções e seria lamentável a manipulação desse fantasma agora. É preferível que os partidos de oposição avaliem o que será feito e em cima disso critiquem.

O que temos criticado aqui é a insistência com que Lula e Mantega dizem que vão mudar a poupança, sem explicar as novas regras. Isso eles não devem fazer porque cria incerteza no pequeno investidor.

Um comentário:

  1. A propaganda do PPS na TV é uma coisa lamentável.
    Essa estória que Lula vai mexer na poupança é uma vergonha.
    Quem inventa um tipo de coisa desse desrespeita o povo brasileiro.
    GUINA publicou um post sobre.. PPS:Um Partido Mais Que Decente

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.