quinta-feira, 24 de maio de 2007

PM vai desocupar a reitoria hoje?

Nova decisão judicial da manhã de hoje impõe a desocupação da reitoria da Universidade de São Paulo. Os estudantes, porém, não arredam pé e já preparam flores de papel para recepcionar a tropa de choque da Polícia Militar. Não é certo, porém, que a PM realize a operação de desocupação hoje – ainda há negociações em curso para que haja uma desocupação voluntária, sem a intervenção policial.

Qualquer que seja o desenlace deste episódio, o governador José Serra (PSDB) vai pagar um preço alto pela inabilidade de lidar com a universidade. Na melhor das hipóteses – a da desocupação voluntária da reitoria –, Serra ficará marcado como o primeiro governador pós-regime militar em que houve um movimento estudantil que resultou na ocupação da USP; e na pior hipótese, se houver violência da polícia, vai pagar pela imagem da truculência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.