quinta-feira, 3 de maio de 2007

Lula, Fernando Henrique e Frias de Oliveira

O artigo abaixo é a coluna semanal do autor destas Entrelinhas para o Shopping News, encarte que sai às sextas-feiras com o DCI. Um registro de uma foto que ainda vai dar o que falar...

A morte no último domingo (29/4) do empresário Octavio Frias de Oliveira, publisher do jornal Folha de S. Paulo, juntou em uma fotografia histórica o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seu antecessor Fernando Henrique Cardoso e o governador de São Paulo, José Serra: os três foram ao velório render as últimas homenagens ao dono da Folha e tiveram uma rápida conversa, flagrada pelos jornalistas dos veículos que foram cobrir o enterro de Frias de Oliveira.

Certamente não é a primeira vez que Lula, Cardoso e Serra são fotografados juntos, pois os três já foram aliados no passado. Lula, por exemplo, fez campanha para Fernando Henrique na eleição de 1978, em que ele se tornou suplente do senador Franco Montoro, ainda pelo PMDB. Quando Lula foi para os segundo turno contra Fernando Collor na eleição presidencial de 1989, os tucanos, alguns com certa má vontade, apoiaram o petista, liderados pela pertinácia do falecido governador Mário Covas, candidato derrotado do PSDB naquele pleito. Covas brecou as negociações do partido com Collor e levou as principais lideranças tucanas ao palanque de Lula no comício de encerramento da campanha, na Praça Charles Miller, no Pacaembu, em São Paulo.

Assim, a foto de Lula, Cardoso e Serra em torno do caixão de Frias de Oliveira é significativa não pelo ineditismo do encontro dos três líderes, mas sobretudo pelo momento em que se deu a reunião. O presidente, neste início de 2° mandato, tenta uma aproximação com o PSDB. Já recebeu em seu gabinete o governador Serra e chamou para uma conversa, também no Palácio do Planalto, o presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE). Segundo informações reveladas pelo jornalista Cláudio Humberto, Fernando Henrique, que tem feito críticas à esta aproximação, não teria gostado nada da idéia de posar ao lado de Lula: “Tenho mesmo que cumprimentar esse cara?”, disse Cardoso a Serra. “Vai sim, Fernando, conto com sua educação”, rebateu o governador.

Cardoso obedeceu e a foto saiu. Frias de Oliveira certamente teria gostado de saber que seu velório foi pleno daquilo com o que ele mais gostava de lidar: notícia.

Um comentário:

  1. Antonio Lyra Filho3 de maio de 2007 17:46

    Não acredito em Cláudio Humberto que é um desagregado e mentiroso.
    Acho que FHC não deve ter dito o que foi publicado, mas como Cláudio Humberto tenta de todo modo atingir Lula, para mim não passa de um inverdade.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.