quinta-feira, 17 de maio de 2007

Operação Navalha: quem manda na PF?

Ainda é cedo, muito cedo, para saber o que vai resultar da Operação Navalha, que prendeu nesta quinta-feira mais de 40 pessoas, incluindo o ex-governador do Maranhão, Reinaldo Tavares (PSB) e o prefeito petista de Camaçari. Uma coisa, porém, chama atenção desde já: entre os presos, há bandidos do governo e da oposição. Há também pessoas bem relacionadas, inclusive com gente muito poderosa da República (Renan Calheiros, Marta Suplicy e outros).

Há duas hipóteses para a tal ação dos federais: ou é um teste para ver se o ministro Tarso Genro é, digamos assim, ponta firme, capaz de segurar a onda da repercussão da operação; ou foi realmente uma ação articulada pelo substituto de Márcio Thomaz Bastos e neste caso, Genro merece aplausos.

A questão que fica no ar é sobre o comando da Polícia Federal: o ministro manda mesmo ou é uma espécie de rainha da Inglaterra? Em breve será possível saber...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.