quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Conforme antecipamos

Aloizio Mercadante já avisou que deixa a liderança do PT no Senado. Fará um discurso nesta tarde para explicar a decisão. O leitor destas Entrelinhas soube da notícia ontem.

Em tempo: Mercadante voltou atrás e agora diz que só renunciará após conversar com o presidente Lula. Com isto o leitor pode perceber mais um traço da personalidade do senador: a firmeza de convicções.

4 comentários:

  1. Porque dessa negativismo ao Mercadante? O que você faria no caso Sarney?

    ResponderExcluir
  2. Gente, é hora de nos unirmos. Chega de desagregação, já está difícil para o Presidente Lula sozinho ficar apagando incêndio provocado pela direita inconformada e nós aqui do outro lado minando o terreno com críticas aos nomes petistas do Senado. Deveríamos aprender mais com o nosso líder, Luís Inácio Lula da Silva.

    ResponderExcluir
  3. Acho Cristovam Buarque um oportunista, entretanto, não posso deixar de concordar com ele no tocante ao senador Mercadante:
    _É só jogo de cena, na realidade o senador Mercadante só quer ficar bem com a opinião pública e ao mesmo tempo servir ao governo.

    Wilson Alves

    ResponderExcluir
  4. Parece que Mercadante vai desistir de renunciar à liderança. Creio que agora a expressão "Mercadante subiu no telhado" ainda vale, mas com sentido exatamente oposto ao do 1º uso.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.