quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Coisas estranhas do caso Dilma-Lina

A Folha de S. Paulo publicou uma matéria nesta quinta-feira revelando que a chefe de gabinete de Lina Vieira, ex-secretária da Receita Federal, confirmou o encontro da ministra Dilma Rousseff com Lina, no qual, segundo a ex-secretária, foi pedido "mais agilidade" na apuração de certos casos envolvendo familiares do presidente do Senado, José Sarney (PMDB). O que mais chama atenção na matéria é que Iraneth Dias Weiler, a chefe de gabinete, não se lembra da data da reunião. Lina também não lembra. Não deixa de ser engraçado que as duas sejam tão assertivas quanto ao encontro, mas não se lembrem da data em que ele aconteceu. Se fosse o motorista que levou dona Lina ao Planalto, ainda vá lá, seria compreensível. Mas a chefe de gabinete não tomar nota das datas das reuniões da ex-secretária é meio esquisito. Como diria o rei Pelé, essa turma está precisando tomar Vitasay...

5 comentários:

  1. Pode não ser nada, mas tb pode ser o contrário, o fato que a Sra. Iraneth Weiler foi doadora da campanha do FHC. Uma rápida pesquisa no google revela isso.

    ResponderExcluir
  2. Xi, nem dê essa ideia de motorista que já teve presidente que se deu mal com isso, não foi? Agora, muito "bunitxinha" a chamada no UOL dizendo que o Simon, nosso pré-sal de ética, pensa em renunciar ao seu mandato. Nessa tentativa de fazer como o imperador no dia do fico, acho que ele deveria, na verdade, optar pelo caminho de Getúlio Vargas...
    (Desculpem-se se nos dois casos acima houver erros de História...)

    ResponderExcluir
  3. Ou então é mais um factóide pra manter o governo nas cordas.

    ResponderExcluir
  4. É patético que uma ministra esteja sendo cobrada por ter pedido mais agilidade num serviço. Ainda mais ridículo é que a mídia diz que agilidade é a mesma coisa que querer abafar o caso. Mas no vale tudo para derrubar o Lula (agora, para não eleger Dilma) o PIG perdeu todo senso de razão.

    ResponderExcluir
  5. Qualquer coisa vale; desde que traga algum prejuízo a imagem de Dilma!
    Essa pilantra é Tucana de Alta plumagem; portanto, não deveria deixar passar em "branco"; tem que processar essa gatunagem!

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.