terça-feira, 19 de junho de 2007

Situação de Renan Calheiros piora

Os depoimentos de segunda-feira no Conselho de Ética do Senado pioraram a situação do senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Quanto mais gente fala a respeito do caso, mais enrolado fica o presidente do Senado. Os jornais desta terça-feira devem refletir este clima, com mais críticas dos colunistas e reportagens nada favoráveis ao senador alagoano. Aliás, dizem que tudo começou lá mesmo, nas Alagoas, por causa do decisivo apoio de Renan à candidatura de Teo Vilela (PSDB) ao governo local. E é justamente por esta razão que os tucanos estão caladinhos neste episódio. Se abrirem o bico, pode sobrar para o governador e até para certos senadores do partido, uns que adoram falar em ética, mas têm os seus zuleidos escondidos no armário, digamos assim. O jogo até agora está na preliminar. Se Renan cair, começa a partida entre os profissionais. O risco é o Senado Federal simplesmente acabar, e por WO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.