quarta-feira, 20 de junho de 2007

Calvário de Calheiros não acaba hoje

A menos que haja uma reviravolta grande no cenário político do Senado, o Conselho de Ética da Casa vai prorrogar nesta quarta-feira as investigações sobre o escândalo envolvendo o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL). A cada dia que passa, a situação de Renan se deteriora mais e já há quem fale abertamente, nos corredores do Senado, em nomes para sucedê-lo, informam os jornais de hoje. Roseana Sarney, Romero Jucá e Gerson Camata, todos do PMDB, seriam os mais cotados. Quando a conversa toma este rumo, dizem as raposas do Congresso, é porque o jogo já foi jogado. Ou seja, Renan dificilmente se sustenta no cargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.