terça-feira, 31 de julho de 2007

Mainardi, o "muso" do movimento Cansei

Começa assim o artigo do colunista Diogo Mainardi, na revista Veja desta semana: "Quando é que derrubaremos Lula?". Reinaldo Azevedo, o blogueiro que faz sorrir a direita brasileira, anda dizendo que o movimento "Cansei" não é golpista. Ele também acha que Mainardi pega leve com o presidente. A conclusão deste blog é que essa gente exige o "direito legítimo de se expressar de forma golpista", como diria o Reinaldão. O lado bom da história é que só figuras do porte do João Dória Júnior, Alencar Burti e o tal do D'Urso compraram a briga. Nem a turma das televisões aceitaram bancar a palhaçada, conforme informa na Folha de hoje a colunista Mônica Bergamo.

5 comentários:

  1. Entrelinhas, você acha que o "cansei" só se resume ao que o "dinheiro" engloba. Aliás é o que o petismo lulista pensa. Só pensa no "plata".

    Setores religiosos há tempos "cansaram". Estão espalhados e invisíveis. Um pouco apagados é verdade. Mas, um "Cansei" desses da vida reacende uma luz...

    Entenda melhor o significado de um "cansei".

    Tem asas? Mas, também pode ter juba, patas,...

    Ufa! Cansei...

    ResponderExcluir
  2. O Lula disse "a gente tem duas orelhas, uma para escutar vaia e outra para escutar aplauso. Os que estão vaiando eram os que deveriam estar aplaudindo. Os que estão vaiando, posso garantir, foram os que mais ganharam dinheiro nesse país, no meu governo."

    Entrelinhas, diga ao Lula que ele tem é que abrir os olhos.

    ResponderExcluir
  3. Atualmente no Brasil, a palavra de ordem das esquerdas é o bordão – “se você não está comigo, está contra “migo”. Isso significa que eles podem fazer e desfazer à vontade, abusar do poder e da paciência de todos, usar o dinheiro dos impostos pra enriquecer ou para escusas negociatas que favorecem os amigos, e tá tudo bem, na boa....e coitado daquele que ousar protestar! É imediatamente rotulado como “extremista de direita”, “filhote de ditadura” , “elite branca” e outras pérolas. Democracia e bem comum, honestidade e bom uso do dinheiro público pra essa gente só são conceitos válidos se servirem aos seus próprios interesses. Não vejo nada demais no movimento “Cansei”. É um direito das pessoas numa democracia de protestar contra o que não lhes apetece, direito esse que está sendo amplamente violado no Brasil. E eu cansei. Por isso mesmo não moro mais no Brasil, não me arrependo, nem pretendo voltar.

    ResponderExcluir
  4. Embora seja apartidário, tenho alguma simpatia pelo PSOL. Também não gosto de ver sucessões as de escândalos do governo do Lula do tipo mensalão, dólar na cueca, caso Lulinha e Telemar, etc... Além disto, também não concordo em ver que grande parte dos impostos que pago (e não é pouco) serve para pagar juros pro capital especulativo, logo, vai parar nas mãos de banqueiros (muitos deles contribuintes das campanhas do PT). Assim, gostaria que alguém me ajudasse com a seguinte questão: Como posso expressar minha reprovação e este governo sem ser taxado de "direitista" ou, pior ainda, golpista? Espero que o PT não chegue ao ponto de criar milícias para-militares para "neutralizar" os que eles chamam de golpistas.

    ResponderExcluir
  5. A Direita, como sempre, não entende nada. É claro que os membros do "cansei" não são todos homens de dinheiro, mas a _ideologia_ do movimento é controlada por eles - isso é tão difícil de entender? O que parece difícil de entender para a nossa classe média é o seguinte: o Governo Lula é um governo igual a qualquer outro anterior, mas protegido pela sua prática assistencialista, que, bem ou mal, responde a alguns interesses _reais_ dos nossos destituídos. Se a classe média quer criar uma alternativa, terá de , de alguma forma, incorporar as reivindicações destes destituídos no bolo. É tão difícil de entender assim?

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.