quarta-feira, 25 de julho de 2007

Cesar Maia: um Lacerda sem talento

O prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia (DEM), divulgou em seu ex-blog uma notícia estapafúrdia de que o governo teria acertado com a TAM e a TV Globo a divulgação da "teoria" de que o Airbus acidentado na semana passada estaria com defeito no reversor. Segundo o prefeito, não estava e a desculpa serviria ao governo porque tiraria o foco da questão sobre as condições da pista de Congonhas. Ainda de acordo com Maia, a TAM teria aceitado a brincadeira porque o governo teria ameaçado "quebrar" a companhia tão logo a poeira baixasse.

A tese do prefeito é estapafúrdia pelos seguintes motivos:

1. A TV Globo não aceitaria um acordo nesses termos: não tem nada a ganhar e só perderia credibilidade quando a caixa preta do avião fosse revelada.

2. A investigação do acidente, como se sabe, envolve o fabricante do avião e não será possível manipular as causas. A versão do defeito do reversor só se sustenta se de fato existia o defeito.

3. O governo não tem poderes para "quebrar" a TAM. Pode prejudicar a companhia, mas a verdade é que o segmento está em crescimento e a empresa é líder na aviação brasileira.

Cesar Maia tenta imitar o grande líder conservador Carlos Lacerda, que, da mesma forma que o atual prefeito do Rio, foi de esquerda na juventude. Mas não consegue: faltam-lhe talento e capacidade de mobilização das massas. Vai continuar tentando, esperando que alguém leve a sério as bobagens que escreve em seu "ex-blog". Do ponto de vista eleitoral, a estratégia até que não é má. Em 2010, se elege deputado federal com alguma facilidade...

Um comentário:

  1. Antonio Lyra Filho25 de julho de 2007 11:05

    César Maia dá um tiro no escuro e acerta o pato. Mesmo que ele escreveu seja mentira é mais uma, não tem crédito mesmo. Ocorre que ele, com uma mentira atingiu a quem ele deseja "os patos", aqueles que acreditam em tudo que é publicado contra o governo. O momento é própricio para se jogar mentiras, pois elas não são desmentidas pela a imprensa, depois de publicadas. Este é o esquema de César Maia.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.