quinta-feira, 19 de julho de 2007

Culpa pela tragédia começa a ficar evidente

A matéria do Jornal Nacional desta quinta não elucida o acidente de São Paulo, mas oferece uma baita pista para os investigadores. O problema é que a notícia vai deixar os surfistas de cadáveres meio tristes: não, a culpa não é do presidente Lula... A seguir, o resumo das informações do JN, na versão do site G1:

Avião da TAM tinha problema no reversor desde sexta-feira
Do G1, com informações do Jornal Nacional entre em contato

O avião da TAM que se chocou contra o prédio da empresa em Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, tinha um defeito no reversor da turbina direita desde a sexta-feira passada, dia 13.

O problema havia sido detectado pelo sistema eletrônico de checagem do próprio avião. Mas a aeronave da TAM, um Airbus A320, continuou a voar nos dias seguintes, com o reversor direito desligado.
O jornalista William Bonner conversou, por telefone, com o presidente da TAM, Marco Antônio Bologna, e com o vice-presidente técnico, Ruy Amparo. Eles confirmaram estas informações. E afirmaram que o fabricante do avião, a Airbus, em seus manuais de manutenção, para casos como este, recomenda que uma revisão no dispositivo seja feita até dez dias depois da apresentação do defeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.