terça-feira, 31 de julho de 2007

A falta de humor da extrema esquerda

O autor destas Entrelinhas recebeu, por e-mail, a mensagem abaixo, assinada por Caia Fittipaldi e copiada para o jornalista Fernando Rodrigues. Ofensas pessoais à parte, que este blogueiro releva por infantis e inconseqüentes, o que a mensagem revela é a total falta de humor da prolixa missivista. Falta de humor não é grave, embora possa provocar problemas de saúde. Muito pior é a falta de análise política contida na mensagem. Basicamente, de acordo com Caia, uma eventual campanha "Cansamos" da CUT não é boa porque "segue a pauta da direita". Ora, o embate político se dá justamente no contraditório com os adversários de plantão. É um tanto estranho o raciocínio de Fittipaldi: se as forças conservadoras começam enfim a se mobilizar, quem apóia o governo deve ignorar a ofensiva e ficar em casa assistindo ao desfile dos janotas, impassível, sem nem tirar um sarro.

O que Caia Fittipaldi não conseguiu compreender é justamente o caráter do "Cansamos": uma grande gozação com o "Cansei" de Johnny Dória Jr. e seus bluecaps, digamos assim... Quem não entende uma piada realmente deve ter uma certa dificuldade em compreender certas nuances da política (e da mídia): mais um pouco, Caia vai qualificar este blogueiro de "neoliberal", como fazem tantos militantes do PSOL em relação ao presidente Lula.
A seguir, a íntegra da mensagem de Caia Fittipaldi:

Atenção, Blog "Entrelinhas": A campanha "Cansei" é péssima. Nizan errou feio. E a campanha "Cansamos" não é boa: é hiper péssima. E, por falar nisso... CADÊ O JORNALISMO?!
Temos de parar de repetir, aqui, os blogs dos DES-jornalistas. Já deu, né?! Ô meu saco! Esse negócio por aqui, de todos sermos obrigados a ler essas opiniõezinhas piradas e burras desses DES-jornalistas brasileiros, primeiro, nos DES-jornalões onde eles escrevem; depois, no DES-Observatório da (mesma) DES-imprensa; depois também aqui, na blogosfera, já está (muito) prá lá de Marrakesh e excede tooooooooooooooooooooooooooooooda a minha capacidade para suportar besteirol. O autor da DESCOMUNAL asneira, que se lê abaixo é "Luiz Antonio Magalhães, Jornalista, editor de Polí­tica do jornal DCI e editor-assistente do Observatório da Imprensa", como se lê em http://www.blogentrelinhas.blogspot.com/). Seguinte, blogosfera, acordai. Chega de requentar o DES-jornalismo dos DES-jornalistas dos DES-jornalões: a campanha "Cansei" é péssima. Nizan, mais uma vez, errou feio. A campanha "Cansamos", da CUT, será pior -- e espero que a CUT não entre nessa fria de 'obedecer' ao mote (horrível, paradaço, cansadão, um tééééééééééédio só, coisa de dondoca [ou, então, é coisa de viado]) desses Dória do cabelo-com-gomalina e dentes de plástico comprados a metro e seus DES-jornais alugados. Aliás... se a campanha pela qual a CUT comunicará aos patrões que a CUT está cansadinha fosse boa para a CUT... ELA NÃO TERIA SIDO DIVULGADA pelo DES-jornalista Fernando Rodrigues, empregado do DES-jornal Folha de S.Paulo, pago pra só fazer DES-jornalismo, sempre contra, primeiro, o jornalismo democrático, os assinantes-consumidores pagantes da FSP e o MEU VOTO DEMOCRÁTICO. Além do mais, dado que NÃO HOUVE 6.000 pessoas naquele desfile de Dasluzetes-alckministas-serristas-fernandenriquistas-bornhausenzistas, cansadaças, meu instinto anti-DES-jornalismo e DES-jornalistas brasileiros ME DIZ que, no postado abaixo, temos mais um DES-jornalista, interessado, apenas, em manter acesa a chama da campanha dos cansados-1, reunidos no grupo "LIDE-Lideranças Empresariais". Sobre tudo isso, a blogosfera JÁ SABE o que abaixo se lê -- e que está aqui repetido, apenas, pq essa msg, agora, está sendo enviada tb para o Fernando Rodrigues (DES-jornalista-1) e para o Luiz Antonio Magalhães (DES-jornalista-2), pra eles sacarem que eles não estão coessa bola toda e que, até aqui, eles já estão TOTALMENTE DECIFRADOS. [seguem msgs já distribuídas, ontem, para a Rede Universidade Nômade (e outros destinatários), sobre o mesmo assunto:

----- Original Message ----- From: Caia Fittipaldi To: Grupo Beatrice ; Universidade Nômade Sent: Monday, July 30, 2007 9:16 PM Subject: [Universidade_nomade] MAS É NÚNCARAS! Sóssifô por cima do meu cadáver. Tejem avisados. (Re: CUT quer centrais em uma campanha chamada "Cansamos")

Sobre campanha da CUT: muita calma, mas muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuita calma, merrrrrrrrrmo, no Brasil, nessa hora.
É NÚNCARAS que eu concordarei com essa idéia de campanha com "cansamos", para a CUT. É núncaras! Acorda, CUT! (1) PORQUE o primeiro risco já nem é risco e já aconteceu e já está aí, na nossa cara: é errar uma letrinha (OU RISCAR-SE, COM UM XIS PRETO, nos cartazes), e a 'campanha' vira "casamos" [risos, risos, mas, eu MUITO PREOCUPADA], como já virô, aí abaixo, nessa msg [VEJA ABAIXO]. Tesconjuro! (2) PORQUE NÃO INTERESSA a nenhum trabalhador brasileiro uma campanha que seja TOTALMENTE pautada pela campanha deles: se "cansei" é ruim, "cansamos" é MUITO PIOR, como slogan que vise a mobilizar ou a 'conscientizar' alguém. ATENÇÃO: Ainda se entende que alguém declare: "eu cansei" (É PÉSSIMO, como msg de mobilização, mas pode-se entender que alguém, sabe-se lá por que, de repente, resolva avisar ao inimigo que ele-elezinho, tá cansadinho. Há doido, pra tudo. E se os neo-cansados-aí da tchurma do d'urso e dos sociólgos uspeanos tucano-pefelistas são os MESMOS que, antes, eram tããããaããão animadinhos ("Pra frente, Brasil!" e o escambau todinho, mó animação)... pra mim, tá é ótimo, que eles estejam hoje assim tão cansadinhos. Mas em "cansamos" o negócio é MUITO MAIS BRABO -- e joga CONTRA NÓS, não a nosso favor. Além de todo mundo declarar que está pessoalmente cansado (o que já é péssimo que chegue), a coisa ainda exige e apresenta, mostra... um porta-voz cansado. Se piorar, melhora. Pior, é impossível. O sujeito "nós" é um sujeito que NECESSARIAMENTE exige porta-voz. Não há no mundo qualquer "nós" falante. O "eu" é sempre singular. No "nós" plural, a palavra está delegada a alguém que, pressupostamente fala por (em nome de) vários "eus". Não faltaria mais NENHUMA loucura, no discurso político no Brasil, se, agora, a CUT decidisse que, zuzo bem... uma central única de trabalhadores DECLARAR-SE cansada, como instituição e como porta-voz. TE SUPER ESCONJURO! Eu discutiria MUITO, também, antes de eu concordar com "Consideramos oportuna e necessária a realização de uma campanha de protesto com a visão dos trabalhadores". Se a coisa, no Brasil está ainda num pé TÃO BRABO, que a visão dos trabalhadores ainda é pautada pela visão do Nizan Guanaes, trabalhando para uma coisa que se chama "LIDE-Lideranças empresariais"... o melhor, ainda, é os trabalhadores NÃO FAZEREM CAMPANHA ALGUMA, agora. O risco, agora -- e é risco MUITO GRAVE -- é o de a LIDE-lideranças empresariais darem o mote... e a CUT responder... no mesmo mote. O clima da campanha da CUT só pode ser alguma coisa como "Pra mim, DEU. Chega! Basta! NUNCA MAIS o Brasil terá: [e segue a listinha abaixo]. É isso, ou, então, melhor ficar de bico calado e, pelo menos, não esquentar a campanha do d'urso cô nariz de palhaço. Já basta ele, cô nariz de palhaço cansado, né?

---- Original Message ----- From: Caia Fittipaldi To: universidade_nomade@listas.rits.org.br ; Grupo Beatrice Sent: Monday, July 30, 2007 10:03 PM Subject: Re: [Universidade_nomade] MAS É NÚNCARAS! Sóssifô por cima do meu cadáver. Tejem avisados. (Re: CUT quer centrais em uma campanha chamada "Cansamos")

Acrescento ao que já escrevi, que, na campanha do "Cansei", os fascistas não estão interessados em dizer coisa alguma. Eles só estão interessados em ameaçar a sociedade brasileira e 'declarar' que eles PODEM mobilizar a sociedade CONTRA O GOVERNO LULA. O conteúdo da campanha não faz diferença. Se eles mobilizarem a sociedade (mesmo que fazendo o papel ridículo de que declararem cansadinhos) eles terão conseguido o que queriam.
Se a campanha fosse pra valer, e fosse mais bem articulada, menos burra, menos amadora, NEM aqueles empresários burraldinos teriam aceito essa DROGA de "Cansei", como slogan. Não faltaria mais nada, menos, pra acontecer... se todas as forças democráticas do Brasil, se pusessem, agora, a repetir, em uníssono: "nós também cansamos", "eu tamém tô cansado", "mãããããe, olha eu: como eu tô cansado!". A campanha do "cansei" não tem qquer objetivo claro, além de incomodar o governo Lula. Ele é ruim demais e mentirosa demais, pra que se suponha que essa campanha visa a veicular alguma 'posição'. Ela foi feita SÓ pra incomodar. É preciso RIR dessa campanha, o mais possível. Qquer tentativa de responder a sério, a essa campanha, nos enreda na rede deles. TEJEM AVISADOS. Vejam, pela comparação com um caso EXTREMO, exemplar, de 'marketing político' fascista e MUITO BEM FEITO. Há um cara, nos EUA, chamado Alex Castellanos, filho de cubanos de Miami, que ficou QUAQUILHONÁRIO fazendo uma coisa que se chama "marketing político de bater-na-cara". É o profissional que escreve, claramente, o que os fascistas pensam, sem meias palavras. Volta e meia, qdo. é necessário mobilizar mesmo, o fundo fascista de um conjunto de eleitores, esse cara é chamado. Ele trabalhou em TODAS as campanhas pró Bush, desde o pai. E em muitas outras. Esse cara trabalhou pra TOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOODOS os candidatos fascistas em todas as últimas eleições, em todo o planeta. Parece que Lavareda (o marketeiro da tucanaria uspeana pefelista) o conhece bem, pelo que se diz por aí. O 'clássico' das campanhas pró-fascistas, de autoria desse Alex Castellanos, de 1990, chama-se "White Hands" (e pode ser visto em http://www.pbs.org/30secondcandidate/timeline/years/1990_c.html). Nesse spot para televisão, pra um candidato racista, Rep., da Carolina do Norte, o personagem do filminho, um operário branco, aparece lavando as mãos. Ele lava as mãos durante 30 segundos, enquanto uma voz off diz, com todas as letras: "essas mãos brancas, pobres, precisam de trabalho. E os Democratas deram esse emprego a um negro. Por que votar nos Democratas?" Esse spot virou a eleição e Jesse Helms, candidato racista declarado, assumido, foi eleito. Ninguém me tira da cabeça que Nizan Guanaes foi contratado pra fazer 'qquer droga'. Porque a campanha não interessava, à tucanaria, senão como agito, pra criar um fato, qquer fato. E Nizan -- que é muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito incompetente e sempre foi -- mobilizou seu ralo saber de publicitário e deixou-se levar pela sua alma tucano-elitista-autista. E daí nasceu essa campanha MUITO RUIM. NINGUÉM DEVE ENTRAR nesse papim de "cansei". Essa campanha é uma espécie de isca pra pegar idiotas. Quem responder a ela com "cansamos"... terá caído na rede.

3 comentários:

  1. A Caia disse "essa campanha é uma espécie de isca pra pegar idiotas. Quem responder a ela com "cansamos"... terá caído na rede".

    A Caia caiu... hehehe.

    ResponderExcluir
  2. Caia Fittipaldi não discute nada. É do tipo que passa uma bronca gritando, já deu pra sacar direitinho nossa colega esquerda-raivosa. Aí, é dose. O pior é que esse pessoal se diz democrático. Só rindo, mesmo... E haja humor pra agüentar!

    ResponderExcluir
  3. Este é o problemas de muito extremmitas (e outros nem tanto) de esquerda:
    falta de humor+ falta de inteligência+ falta de "savoir-vivre" na democracia.
    Só para exemplo da dificuldade em conviver em uma democracia, você acredita que há blog (republicavermelha) que se diz democrático, mas que com todas as letras escreve na caixa de comentários que não aceita/ publica opiniões desfavoráveis ao presidente Lula!?

    É ou não inacreditável?

    João Batista

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.