segunda-feira, 9 de julho de 2007

O preço de um elogio

Nos bastidores de Brasília, comenta-se à boca pequena que alguns colunistas teriam procurado assessores do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para sondar sobre o preço de eventuais elogios, em várias mídias, ao senador alagoano. Vale a velha e boa lei da oferta e procura, segundo a qual produtos em falta têm preço mais alto: um desses pseudo-jornalistas teria pedido a bagatela de R$ 4 milhões.

Um comentário:

  1. Oi Luiz,

    A gente quer saber quem são os tais colunistas!

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.