quinta-feira, 4 de junho de 2009

Yeda e a defesa discreta dos tucanos

A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), já deve ter percebido: está sendo rifada por seus correligionários. Os colegas Serra e Aécio, por exemplo, estão unidos em relação ao discurso de "defesa" da garota-problema do PSDB: dizem que ela tem "todas as condições" de se defender sozinha. Traduzindo o tucanês, é o mesmo que dizer: "vire-se, Yeda". Com amigos assim, a governadora gaúcha não precisa de inimigos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.