quinta-feira, 25 de junho de 2009

Direita agora quer rifar Heráclito Fortes

O que vai abaixo está no blog do Reinaldo Azevedo. A ultradireita está irada com o senador Heráclito Fortes (DEM-PI) pela defesa que o nobre parlamentar anda fazendo de seu colega José Sarney (PMDB-AP). Reinaldão não deve ter se dado conta, mas não há um único democrata com moral para chamar Sarney para a briga. São todos coronéis também, unha e carne de Sarney. A crítica ao ex-presidente hoje se limita ao PSDB e um ou outro... peemedebista, como Pedro Simon! Reinaldão, porém, discorda dos tucanos que preferiram Tião Viana na disputa interna do Senado... Como se vê, o mundo girar e a Lusitana roda. A política brasileira é mesmo engraçada: a direita bate na direita, a oposição preferia o candidato do governo e agora fica tudo por isto mesmo. Se mexer muito, com o perdão da má expressão, vai feder ainda mais.
Abaixo, o texto publicado pelo jornalista da Veja.

Pede pra sair, Heráclito. Ou, então, que o DEM chame o de Éfeso!

Faz tempo que o senador Heráclito Fortes (DEM-PI) se esforça para atravessar a rua só para pisar em casca de banana, comprometendo, assim, o seu partido, o DEM, com tudo o que há de ruim no Senado. Sim, o DEM ajudou a eleger Sarney. A alternativa era o petista Tião Viana (AC). Se me tivesse sido dado escolher, teria feito a mesma opção, já disse aqui. No que respeita a malfeitorias, as diferenças entre petistas e não-petistas é só de argumento. Os do PT costumam ser mais elaborados e, por isso mesmo, mais deletérios para o processo político..

Espero que Heráclito não seja pego, mais adiante, nessa teia formidável de denúncias e privilégios inaceitáveis, o que contribuiria para caracterizar a sua defesa do indefensável como matéria de interesse pessoal. A eventual suspeita de equívoco logo se transformaria em discurso interessado.

Se o senador Heráclito esqueceu o que é uma República, a gente relembra. Deve haver centenas, senador, quem sabe milhares, de pessoas competentes na área em que o neto de Sarney é especialista. Também elas poderiam reduzir o spread dos empréstimos se ele era mesmo extorsivo.

Em companhia de Lula, o senador do DEM, que gosta dos holofotes, se torna o principal defensor de Sarney. Não só ele considera regular que seja o neto a ter a tal empresa, como ainda sugere que foi um bem para o país e que o parentesco prejudica o rapaz, coitadinho! Sem dúvida, senador Heráclito! Imagino a dificuldade que foi para esse rapaz provar a sua larga experiência no setor — ele tem 29 anos, não? — e o quão competente ele era para cuidar do assunto. Outra pessoa, com um sobrenome qualquer, teria muito mais dificuldades, não é mesmo? Há um déficit impressionante de senso de ridículo no Senado.

Heráclito sempre foi, assim, corpulento, né?, mas não dava sinais de adiposidade cerebral, que é sempre mais grave do que a outra quando se trata do interesse público. Agora que decidiu ser mais esguio, convém manter irrigados os canais do cérebro. Sua defesa é inaceitável para que pertence a um partido de oposição. Especialmente porque Sarney sugeriu hoje que se trata de uma conspiração que busca também atingir Lula.

Antes deste, houve outro Heráclito, o de Éfeso. Era um tanto enfezado e pessimista, mais deixou algumas boas tiradas. Sugiro ao menos duas como matéria de reflexão ao Heráclito do Piauí:
- “O caminho para cima e para baixo são o mesmo”;
- “O caráter de um homem é o seu destino”.

Conviria o DEM tirar Heráclito da sala. Ou, então, deixá-lo onde está, atuando como atua, e se transformar em sócio da decadência do oligarca. Em 2010, o DEM estará por aí tentando convencer o eleitor de que é diferente “desse pessoal”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.