terça-feira, 30 de junho de 2009

Sarney subiu no telhado

O DEM decidiu apoiar o "licenciamento" de José Sarney do cargo de presidente do Senado durante um período destinado à investigação das falcatruas na Casa. Não foi um abandono completo, mas os democratas avisaram, com a sutileza que são capazes, que o gato subiu no telhado. O gato, no caso Sarney, pode até ter sete vidas, mas uma delas está por um fio. Resta agora saber como o PT vai agir. Se puxarem o tapete do ex-presidente da República, sobra apenas o PMDB na sua sustentação. É muito pouco.

Um comentário:

  1. O linchamento do Sarney teve inicio logo depois da CPI da petrobras. Que foi criada para o Sarney e PMDB conseguirem mais barganha na formulacao da exploracao do Pre-Sal. Portanto deve ter algum "dedo" do governo e do PT neste linchamento.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.