quarta-feira, 29 de julho de 2009

Heloísa não será candidata à presidência

O pessoal que elabora os cenários para as pesquisas eleitorais de 2010 pode anotar na caderneta: não vale nada botar o nome da vereadora Heloísa Helena na cédula a ser apresentada aos eleitores. Um militante do PSOL amigo deste blog garante que a alagoana já se decidiu pela candidatura ao Senado em 2010. Este mesmo militante informou que há uma articulação por uma candidatura com perfil "mais à esquerda" do que o de Helena. Sim, o PSOL, da mesmíssima maneira que o PT, também tem as suas correntes ou alas e sem o nome natural de Heloísa Helena, haverá uma disputa, possivelmente acirrada, pela vaga de candidato à presidência. Pode ser, porém, que a cabeça da chapa fique com o PSTU, que já concorreu no passado com o simpático José Maria de Almeida.

De qualquer forma, este blog duvida que os pesquisadores retirem Heloísa Helena das cédulas enquanto ela não disser publicamente que não é candidata. É que Helena tira votos de... Dilma Rousseff!

3 comentários:

  1. Eu tenho alguns amigos do PSOL. E dois deles já haviam me cantado essa pedra. Ela realmente faria mais pelo Psol no Senado que como candidata a presidência por 3 meses para depois ficar no limbo. Senadora, pode se candidatar em 2014 sem susto.

    Mas o nome preferido desses amigos é o de Milton Temer. Como não têm perspectivas de vitória mesmo sem HH valeria a pena colocar um bom orador. E o Milton é dono de uma das mais poderosas retóricas esquerdistas que se pode imaginar.

    O César Benjamin, outro nome lembrado, já avisou para tirar seu nome de fora dessa. Seria um candidato de muito conteúdo, mas ele está até sem filiação hoje.

    Mas a briga é boa;

    Heloisa Helena;
    Renan Calheiros;
    João Tenório, atual suplente no cargo;
    Ronaldo Lessa que perdeu apertado para Collor em 2006, mas pode ser candidato ao governo; o outro nome da oposição seria João Lyra.

    Tenho pra mim que ela tem mais força fora que dentro de Alagoas. Quem viver, verá.

    ResponderExcluir
  2. E se sai HH, ainda pode entrar a Marina Silva.

    O PV não desistiu de levar a senadora para o Planalto em 2010. Marina está, sem razão na minha opinião, magoada com o governo e tem menos identificação ainda com a Dilma.

    O problema é a mesma dúvida que deve atormentar HH, qual seja, perder seu posto atual, para o qual teria uma eleição razoavelmente tranquila.

    Dizem que o PV está 'aliciando' todo o PT do Acre (os irmãos Vianna inclusive). Simbolicamente seria uma saída impactante.

    Curioso é que na tramitação da MP 458, o deputado Fernando Gabeira foi mais 'conciliador' que o PT de Marina. Se ela assistir a entrevista que o Alexandre Garcia fez com Gabeira e a Kátia Abreu, e a troca de amabilidades entre eles, em seu programa na Globonews, talvez desista.

    Ele praticamente saiu dali ministro do Meio Ambiente do governo Kátia Abreu.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.