quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Mais uma obra da competente gestão Serra




















O que vai abaixo é o relato do site Terra sobre os percalços com a mais importante obra da administração tucana em São Paulo: a linha 4 do Metrô. Como se pode ler e ver, parece que as coisas não estão caminhando muito bem. Depois da cretera da rua Capri, eis que surge agora a craterinha da rua dos Pinheiros. Felizmente, ninguém se acidentou nem perdeu a vida desta vez.

Até o momento, o governador José Serra (PSDB) não se pronunciou sobre o assunto, mas espera-se que ele venha a público em breve para dizer que a culpa... é do presidente Lula!


SP: buraco de 2 m surge em rua sobre obra do Metrô

As obras na Estação Fradique Coutinho do Metrô de São Paulo teriam provocado a abertura de um buraco de 2 m de diâmetro e 1,5 m de profundidade no asfalto da rua dos Pinheiros, na zona oeste da capital, localizado acima do local em que estão sendo feitas escavações. A rua foi interditada na terça-feira, reaberta no início da tarde e novamente interditada por volta das 15h50. O trânsito foi interrompido entre as ruas Morato Coelho e Matheus Grou.
Segundo informações da assessoria de imprensa do Consórcio Via Amarela, responsável pela obra, existe a possibilidade que o buraco no asfalto tenha sido provocado pelas escavações realizadas embaixo da rua. A assessoria informou que não houve desmoronamentos internos na obra nem feridos no incidente. A assessoria informou ainda que o buraco está sendo preenchido com areia e cimento e que os trabalhos no túnel do Metrô, localizado a cerca de 20 m da superfície, não foram interrompidos por causa do buraco no asfalto. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, disse, em entrevista à Globonews, que os trabalhos na rua dos Pinheiros são medidas preventivas e o trânsito foi interrompido a pedido do Consórcio Via Amarela. Redação Terra

3 comentários:

  1. Os sites estao dando pouco destaque para este acidente. O segundo em menos de 8 meses.
    Veremos como os jornais abordarao o assunto amanha. Nao sou vidente, nem tenho bola de crista mas desconfio que sera abordado como um fato corriqueiro. Veremos.

    ResponderExcluir
  2. O governo Serra estaria esburacado?
    Ou seria somente a obra do Metro.
    Amanha, conforme for noticiado o acidente no Metro, saberemos se a imprensa tambem esta esburacada.

    ResponderExcluir
  3. Não podemos nunca nos esquecer de que o governador que antecedeu o Serra foi o Alckmin..e antes deste o Covas.

    Donde se conclui que as crateras do metrô paulistano são a marca dos (des)governos do PSDB.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.