quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Jornalismo ou chutômetro?

A CPI do Apagão da Câmara divulgou há pouco os diálogos dos pilotos gravados na caixa-preta do Airbus que se acidentou no mês passado, provocando duas centenas de mortes em São Paulo. A partir do que foi divulgado, não é possível concluir a causa do acidente, mas já há analistas afirmando "categoricamente" que a tragédia foi fruto de falha humana, na versão de uns, ou falha mecânica, na de outros.

A verdade é que só a investigação completa vai desvendar a causa, que inclusive pode ser mais de uma. A manchete da Folha de S. Paulo desta quarta-feira (Caixa-preta indica erro do piloto) é malandra, pois não está errada – não banca a causa do acidente como erro humano, porém induz o leitor a pensar desta forma –, mas também não é rigorosa como a apuração de Fernando Rodrigues. O que o repórter diz, logo no lide, é que pode ter havido falha do piloto no manejo da alavanca de aceleração (manete) ou uma pane no computador do avião, de a travar o manete...

Tudo somado, a verdade é que não há a menor condição, neste momento, de afirmar peremptoriamente a causa do desastre. Quem faz isto ou é irresponsável ou quer surfar nos quase 200 cadáveres para fazer política.

3 comentários:

  1. A cena de despreparo dos deputados, de falta de compostura, de falta de compaixão com as familiares das vítimas, a voz da Luciana Genro interpretando as últimas palavras do piloto, foi a coisa mais indecente, mais inescrupulosa que eu já vi desde as CPIs do ano retrasado e passado. Todos deveriam ser processados pelo Conselho de Ética e perder seus mandatos e direitos políticos.

    ResponderExcluir
  2. Luiz, parabéns pelos seus artigos. Espero que não se importe, eu costumo "roubar" alguns deles para meu blog. Esse é um deles.
    Abraços,
    Humberto.

    ResponderExcluir
  3. Humberto, fico honrado pela audiência e elogios, imerecidos. Pode roubar à vontade, aqui é tudo copyleft.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.