segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Lula é o Batfino da política brasileira

"Suas balas não me atingem, minhas asas são como uma couraça de aço", não se cansava de repetir o simpático Batfino, super-herói que animou as crianças na década de 70 ao lado de seu ajudante Karatê, um japonês grandalhão e bem pouco sagaz, digamos assim. O presidente Lula parece ser o Batfino da política nacional. Não tem escândalo que o derrube, não tem artimanha oposicionista capaz de convencer o povão que o ex-metalúrgico faz um governo desastroso, como está dia sim e outro também nos grandes meios de comunicação.

Este blog sugere a João Santana (ou Duda Mendonça) que compre os direitos autorais e use Batfino como novo símbolo da gestão Lula! Olhando bem, o ratinho lembra um pouco o presidente. Karatê talvez pudesse ser o ministro Nelson Jobim, que também é grandalhão e um pouco atrapalhado, embora bem mais sagaz do que o ajudante de Batfino. E os bandidos, bem, os bandidos todo mundo sabe quem são...

4 comentários:

  1. Eita, mas agora o senhor apelou!!!
    Eu vi num blog ( acho que foi o República Vermelha ) em que eles tascaram o Morcego Vermelho.
    E agora o Batfino!!
    Onde é que vocês encontram essas idéias geniais?
    O Diogo, por sua vez, gastou uma página numa ocasião, dizendo que não gostava de cartoons de Hanna-Barbera ( quer dizer, nem todos são legais, até concordaria ) o que mostra o descompromisso do obtuso com o mundo real. Acho que eles não jogaram bola, não ralaram o joelho, nem sujaram o shortinho ( que nem o Geraldinho da propaganda, o super-protegido da mamãe )e muito menos cataram goiaba na árvore do vizinho ( aí, ó, a invasão de propriedade privada ). E querem ensinar os outros a viver.
    Viva o Batfino!!!
    Abaixo o Hugo-a-go-go do imprensalão!!

    ResponderExcluir
  2. Não vai falar nada sobre os cubanos deportados?

    ResponderExcluir
  3. Comento o cubano logo mais. Cada dia, a sua agonia...

    ResponderExcluir
  4. Muito boa essa do Batfino. Mas a grande questão é se o Batfino vai conseguir transferir suas artimanhas e, assim, fazer o sucessor.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.