sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Brasil sem dívida? Mérito de FHC...

É impressionante a desfaçatez dos jornalistas, colunistas e blogueiros bate-paus do PSDB: foi só o Brasil chegar na posição de credor externo, pondo fim à tão polêmica dívida externa que a turma saiu berrando que o país só está assim tão melhor porque o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso "iniciou este processo". Claro que a tese é um disparate sem tamanho, até porque durante todo o governo Lula os economistas ligados ao tucananto diziam que o Banco Central estava fazendo bobagem ao quitar as nossas dívidas e comprar dólar para reforçar nossas reservas em dólar. Portanto, se o governo FHC tivesse continuidade com José Serra, o candidato em 2002, ou Geraldo Alckmin, o derrotado em 2006, podem ter cereza de que o Brasil não estaria assumindo neste momento a posição de credor externo. O mérito pelo "fim" da dívida externa (claro que não é bem isto, ainda há dívida, mas o país já tem mais a receber do que pagar) é de apenas uma pessoa: Luiz Inácio Lula da Silva. Foi dele a orientação para que a política econômica austera não fosse abandonada em nenhum momento, desde a posse, em 2003.

3 comentários:

  1. E qual será a próxima propaganda do PSDB? " Lula copiou, e foi bom para o Brasil" ...
    não duvido nada seja mesmo !

    ---------

    Luís, nós leitores estamos ansiosos aguardando uma repercussão sua sobre o caso do Luis Nassif x Veja !!

    --------

    ps: como disse em outro post, seu blog continua frenético na campanha subliminar para eleger o Serra 2010 ... hehe

    um abraço

    ResponderExcluir
  2. Meus caros
    Para aqueles que dizem ser o fim da dívida obra e graça de FHC mostrem o gráfico publicado hoje (21/02) no caderno de Economia do Estadão.

    ResponderExcluir
  3. Juninho Bill, do antigo grupo infantil Trem da Alegria, já dizia numa música dos anos 80: "paguem logo a nossa dívida, senão vai sobrar pra gente...". Ninguém nos anos 80 e muito menos nos 90 pagou a dívida, pelo contrário, ela se tornou colossal no fim do governo FHC, e nossas reservas ridículas.

    Agora, estamos com um enorme conforto, para ampla satisfação de Juninho Bill e de toda aquela geração que viu o Brasil emperrado em seu crescimento por conta exatamente da dívida.

    O PSDB acha errado isso porque a lógica deles é a submissão americana, é claro, eles são sustentados pela GGG (Grande Grana Global), a começar pelo grande guru FHC, que recebeu tutu da CIA através da Fundação Ford em 1969, como já ficou provado.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.