quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

PHA: saque no caixa é 44% do cartão de Serra

A nota publicada aqui ontem à noite indagava: quem mais utiliza cartão corporativo no Brasil? Só o governo federal? Não seria bom comparar o padrão de gastos para esclarecer melhor os brasileiros?

Pois o jornalista Paulo Henrique Amorim, em seu site Conversa Afiada, já começou a dar algumas pistas sobre tais questões. O PSDB, inventor do cartão corporativo, adota o sistema pelo menos em São Paulo. Curiosamente, os tucanos fazem o mesmo que andam criticando ferozmente na esfera federal: usam o cartão para sacar dinheiro na boca do caixa. E não foi pouca coisa, quase R$ 50 milhões. Voltaremos ao assunto.


Funcionário da liderança do PT na Assembléia Legislativa de São Paulo entregou ao editor do Conversa Afiada Givanildo Menezes as tabelas anexas.

São dados que constam do Sigeo (Sistema de Informações Gerenciais da Execução Orçamentária).

Só os líderes na Assembléia têm acesso a esses números.

Note bem: o gasto total com cartões corporativos no Estado de São Paulo em 2007 chegou a R$ 108 milhões !

Antes de fazer uma análise detalhada dos gastos do Governo de São Paulo com cartão corporativo, o Conversa Afiada encaminhou as tabelas anexas à assessoria de imprensa do Governador José Serra com as seguintes perguntas:

Por que 44,58% dos gastos com cartão corporativo em São Paulo são saques diretos no caixa – o que dificulta julgar a propriedade do gasto?;

Por que os gastos com cartão corporativo cresceram 5,82% em 2007, no governo Serra, acima da inflação ?;

O Governador pretende fazer como o Presidente Lula e encarregar seu líder na Assembléia de abrir uma CPI e investigar a propriedade dos gastos com cartão corporativo ?

Veja as tabelas a que o Conversa Afiada teve acesso clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.