quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Governo Serra reconhece saque de R$ 49 mi

A secretaria da Fazenda já confirmou os números de Paulo Henrique Amorim: o governo de São Paulo realmente gastou R$ 109 milhões de reais em cartões corporativos no ano passado. O valor dos saques na boca do caixa é mesmo de quase R$ 49 milhões. O encarregado pela Fazenda de explicar tamanha lambança à imprensa, porém, não se assanhou e disse que há nada de errado com os saques em dinheiro.

Já o deputado Mendes Thame (PSDB-SP) garantiu à solerte repórter Patrícia Acioli , do DCI, que o dinheiro sacado tem correspondência com notas fiscais em poder das secretarias estaduais: "cada centavo bate", afirmou. Ok, agora conta a do papagaio, deputado... Ou peça o senhor mesmo uma CPI para verificar direitinho os centavos realmente batem. Afinal, quem não deve, não teme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.