segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Punição a Jarbas? Ficar no PMDB...

Pelo que se pode julgar a partir do noticiário desta segunda-feira, as declarações de Jarbas Vasconcelos sobre corrupção no PMDB, já comentadas aqui, não caíram bem entre os colegas de partido. Porém, como não há nenhum bobo na política, a "punição" ao senador deverá ser bem leve, evitando a sua expulsão da legenda. E qual a razão disto? Muito simples: pela atual regra de fidelidade partidária, uma vez expulso Jarbas poderia ingressar em outro partido sem perder o mandato. E, desta forma, ser o vice de José Serra (PSDB) na eleição de 2010, caso Serra realmente seja o candidato tucano à presidência. Daí a permanência de Jarbas no PMDB ter o caráter de "punição", uma vez que ele ficaria de mãos atadas, pelo menos no que diz respeito à vaguinha de vice na chapa de Serra...

Um comentário:

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.