terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

PSOL quer os nomes dos bois

Segundo matéria da Agência Estado, abaixo, o PSOL está pressionando Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) para que ele dê o nome aos bois e diga quais são os corruptos de seu partido. Este blog aposta um Gold Label com qualquer leitor que Jarbas jamais dirá o nome de um único "corrupto", nem que seja para provar a sua tese, revelada na entrevista à Veja. A razão é simples: o que o senador pretendia com a conversa nas páginas amarelas era criar um fato político e tentar arrumar um jeito de sair do PMDB sem perder o mandato, para ser vice na chapa de Serra em 2010. Até agora, a jogada não funcionou porque ninguém no PMDB vai dar ao pernambucano o prazer de ser expulso da legenda e cair, todo feliz, no colo do tucanato. Jarbas terá que amargar as boas companhias por mais algum tempo...

PSOL quer que Jarbas dê nomes de 'corruptos do PMDB'

GUSTAVO URIBE - Agencia Estado

SÃO PAULO - Não foram só os membros do PMDB que ficaram insatisfeitos com as declarações do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) contra integrantes do próprio partido. Por outras razões, o PSOL enviou hoje carta ao peemedebista pedindo que o parlamentar torne públicos os nomes dos integrantes da legenda que estariam envolvidos em atos de corrupção. Assinada pelo senador José Nery (PSOL-PA) e pelos deputados Chico Alencar (PSOL-RJ) e Ivan Valente (PSOL-SP), a carta afirma que a divulgação dos nomes é uma "enorme contribuição à moralização da vida pública brasileira".

"Suas denúncias devem vir acompanhadas do detalhamento de situações, nomes e fatos que gerem iniciativas aguardadas por toda a sociedade, em nome do interesse público. Esta seria uma saudável providência para que os fatos por Vossa Excelência relatados não caiam no esquecimento e possam ser devidamente apurados", pedem os parlamentares.

Ainda segundo o PSOL, deveria ser criado um fórum permanente, no Congresso, para discutir a ética na política. Chico Alencar defendeu que o fórum deveria ser criado depois do carnaval. "O PSOL jamais se furtou a exigir apurações, no mais das vezes engavetadas, quanto a casos concretos, como os mensalões petista e tucano, o escândalo Sanguessuga e outros", afirma o partido, no texto.

Em entrevista à revista Veja, Jarbas afirmou que parte do PMDB "quer mesmo é corrupção". Ontem, em entrevista coletiva, ele repetiu todas as acusações. "O PMDB quer cargos para fazer negócios. Alguns buscam o prestígio político, mas a maioria dos peemedebistas se especializou nessas coisas pelas quais os governos são denunciados: manipulação de licitações, contratações dirigidas, corrupção em geral", afirmou.

3 comentários:

  1. Depois de atacar o Bolsa Família duvido que vá ser candidato.

    ResponderExcluir
  2. mas não seria quebra de decoro acusar o maior partido do congresso de corrupto e não apresentar os nomes?

    ResponderExcluir
  3. Veja o http://blogdogadelha.blogspot.com/
    Pertinente a sua observação

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.