domingo, 22 de fevereiro de 2009

A cara do Brasil

Daqui a pouco tem Lula, Dilma, Serra e Sérgio Cabral na Marquês de Sapucaí. Não na avenida, claro, mas no camarote do governador. Sim, é Carnaval, mas este blog aposta que a ultradireita não vai gostar muito da presença do governador de São Paulo ao lado de sua provável rival em 2010 e, principalmente, do presidente da República. Podem não gostar, mas este é o nosso país, só não entende quem não leu Sérgio Buarque de Holanda, o pai do Chico. Como diz uma velha letra do Premê, "aqui não tem terremoto, aqui não tem revolução, é um país abençoado, onde todo mundo põea mão". Aliás, como hoje é Carnaval, segue a letra completa. Se alguém achar um link para ouvir o sambão, coisa que este blogueiro não conseguiu, por favor informe para imediata disponibilização aos leitores. Porque realmente vale a pena...

Bem Brasil (Premeditando o Breque)

E en tal maneira hé graciosa
Que querendo a aproveitar darse a neela tudo
per bem das ágoas que tem
Paro o mjlhor fruito que neela se pode fazer
Me pareçe que será salvar esta jemte
E esta deve ser a principal semente que Vosa Alteza
Em ela deve lamçar

Pero Vaz de Caminha

Há 500 anos sobre a terra
Vivendo com o nome de Brasil
Terra muito larga e muito extensa
Com a forma aproximada de um funil

Aquarela feita de água benta
onde o preto e o branco vem mamar
O amarelo almoça até polenta
E um resto de vermelho a desbotar

Sofá onde todo mundo senta
onde a gente sempre põe mais um
Oh! berço esplendido agüenta
Toda essa galera em jejum

Apesar de Deus ser brasileiro
outros deuses aqui tem lugar
Thor, Exu, Tupã, Alá, Oxossi
leus, Roberto, Buda e Oxalá

Aqui não tem terremoto
Aqui não tem revolução
É um país abençoado
Onde todo mundo põe a mão

Brasil, potência de neutrons
35 watts de explosão
Ilha de paz e prosperidade
Num mundo conturbado
E sem razão

A mulher mais linda do planeta
Já disse o poeta altaneiro
Que o seu rebolado é poesia
Salve o povão brasileiro

Mais do que um piano é um cavaquinho
Mais do que um bailinho é o carnaval
Mais do que um país é um continente
Mais que um continente é um quintal

Aqui não tem terremoto
Aqui não tem revolução
É um país abençoado
Onde todo mundo mete a mão

Brasil, potência de neutrons
35 watts de explosão
Ilha de paz e prosperidade
Num mundo conturbado e sem razão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.