quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

FHC defende uso pessoal da maconha

Os neocons não vão gostar, mas o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, mentor intelectual de boa parte desta turma, defendeu nesta quarta-feira a liberação da maconha para uso pessoal, conforme revela a nota abaixo, da Agência Estado. Desta vez, não foi uma entrevista para a revista Playboy, mas uma declaração na abertura da 3ª Reunião da Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia. Este blog está curioso para ler os comentários dos reinaldões, olavões e congêneres sobre a notícia.

FHC defende descriminalizar maconha para uso pessoal

FELIPE WERNECK - Agencia Estado

RIO - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu hoje a descriminalização da posse de maconha para uso pessoal na abertura da 3ª Reunião da Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia. A proposta está na declaração da comissão, que será levada à Organização das Nações Unidas.

"Nosso objetivo é abrir o debate para acabar com o tabu. Essa história de guerra contra as drogas não resolve. É preciso ter outras ações que levem à redução da demanda", disse FHC. O tema será discutido pela comissão com governantes do continente. "A posição do governo brasileiro, que eu saiba, não é contrária", disse o ex-presidente.

4 comentários:

  1. FHC, aquele que fumou mas não tragou, foi até corajoso nessa declaração. Quem diria... e se a Dilma manifestasse opinião semelhante, hem?

    ResponderExcluir
  2. aquele que fumou e não tragou ...

    Boa FHC, poderia ter legalizado a erva no seu governo né ? mas ficou com medo dos setores conservadores, aqueles que o ajudaram a derrubar na eleição municipal...

    Quando o Suplicy defende posição semelhante é ironizado pela mídia, vamos ver o comportamento neste caso agora ...

    ResponderExcluir
  3. Um artigo mais amplo no EL PAIS, http://www.elpais.com/articulo/internacional/Romper/tabu/drogas/elpepuintlat/20090212elpepuint_5/Tes

    ResponderExcluir
  4. Parece que a Época fez capa sobre o assunto, e pelo jeito sob um viés senão simpático, pelo menos equilibrado. Felizes os comentários acima: fosse alguém do PT ou da esquerda e o mundo já teria desabado.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.