sábado, 9 de setembro de 2006

O tiro de Fernando Henrique saiu pela culatra?

Se a intenção do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso com a longa carta divulgada durante o feriado era animar a candidatura de Geraldo Alckmin, o tiro certamente saiu pela culatra: os principais jornais do país destacam na edição deste sábado que a carta agravou a crise na campanha tucana – a Folha de S. Paulo dá manchete para o assunto. O problema todo é que os aliados de Alckmin estão achando que Fernando Henrique deu a vitória de Lula como fato consumado. E de fato a carta deixa transparecer este sentimento, embora em nenhum momento o ex-presidente o explicite.

O problema todo é saber a intenção original de FHC. Ele não nasceu ontem e certamente refletiu bastante antes de divulgar a carta. Se o fizesse depois das eleições, o documento seria visto como tentativa de assumir o comando do partido "na marra". Agora, dá margem a diversas interpretações. Talvez seja este mesmo o principal objetivo: provocar polêmica e atrair atenção para si. Fernando Henrique pode ser muita coisa, mas bobo, não é.

Um comentário:

  1. A vaidade e o despeito cegam até os que já foram lúcidos.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.