sexta-feira, 29 de setembro de 2006

O dinheiro apareceu

Estão sendo divulgadas na internet as fotos do dinheiro que seria usado para a compra do dossiê Vedoin, que envolveria José Serra na máfia dos sanguessugas. As imagens são fortes e o que se vê é uma verdadeira montanha de dinheiro. As fotos foram vazadas inicialmente para a Agência Estado por uma fonte da Polícia Federal, mas já estão nas mãos de todos os veículos de comunicação.

Obviamente, o dinheiro estará nas primeiras páginas de todos os jornais de amanhã, véspera da eleição, e provavelmente também na capa da revista Veja. Não resta dúvida que algum efeito eleitoral a coisa deve ter, especialmente em São Paulo, especialmente para a candidatura de Aloizio Mercadante. Se o senador sonhava com um ministério importante em caso de derrota, pode começar a traçar novos planos, porque o presidente Lula não será maluco de dar ao desastrado candidato qualquer cargo no governo. Na verdade, Aloizio Mercadante está liqüidado politicamente após este episódio e passará o resto da vida tentando explicar que não sabia o que seu principal assessor estava fazendo para tentar virar o jogo em São Paulo.

Lula também deve ser um pouco afetado pelas fotos, mas a candidatura do presidente está tão blindada que neste momento é difícil imaginar uma reversão do atual cenário. Pode até haver segundo turno, pois a vantagem está se estreitando, mas o presidente continua firme e com o mesmo percentual de intenções de voto que teve ao longo de praticamente toda a campanha. Se Lula não cair pelo menos 5 pontos percentuais até domingo, Alckmin pode dar adeus aos sonhos de segundo turno. Este blog acha que as fotos não atingem ao presidente Lula diretamente – inclusive pela reação dura dos petistas, que acusam os tucanos de tentarem uma última e desesperada manobra eleitoreira para impedir a vitória do presidente-operário. E ao fim e ao cabo, pode ser isto mesmo: desespero da oposição.

3 comentários:

  1. Não é só desespero da oposição: é crime, o processo está em segredo de Justiça. As fotos não podem ser divulgadas assim como os depoimentos dos envolvidos e nem os investigadores podem passar à imprensa as suspeitas, descobertas, etc. que fazem. Mas nunca vi inquérito policial mais "furado" que esse. Tem gente da oposição infiltrada na PF. Com certeza.

    ResponderExcluir
  2. marcos ramón filho29 de setembro de 2006 19:39

    Quanto será que o delegado ganhou para vazar as fotos?

    Nossa, se o lula sair vivo depois de tudo, ele tem um anjo de guarda muito especial!!

    ResponderExcluir
  3. É isso ai Marcos. Quanto recebeu e quem pagou ao delegado pelas foto? Tem que ser apurado, bem apurado, e se houver seriedade o delegado deverá ser punido pela PF e os que compraram também deverão ser processados. Pau que dá em Chico dá também em Francisco.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.