quinta-feira, 12 de abril de 2007

Ibope confirma números do instituto
Sensus: 65% aprovam o presidente Lula

A pesquisa realizada pelo Ibope para a CNI (Confederação Nacional da Indústria) confirma os números da enquete do instituto Sensus para a CNT (Confederação Nacional dos Transportes): pelo Ibope, a aprovação do governo Lula é de 49% contra 49,5% na Sensus, cujo resultado foi divulgado anteontem. Já a aprovação pessoal do presidente Lula foi de 65% no Ibope contra 63% de aprovação aferido pelo instituto Sensus.

Os números são expressivos, mas há sites destacando a "queda" de Lula no Ibope, conforme pode ser observado na nota reproduzida abaixo, da Folha Online. A diferença na curva das duas pesquisas se deve à data do levantamento anterior de cada instituto. O do Ibope foi feito em dezembro de 2006, logo após as eleições, e constatou a maior aprovação que um presidente brasileiro já teve: espantosos 71%. Já o levantamento anterior do instituto Sensus foi realizado em agosto do ano passado, antes das eleições e no calor da campanha eleitoral. Naquele mês, a aprovação ao presidente foi de "apenas" 59%. Assim, ao destacar a "queda de oito pontos", os editores dos sites apenas tentam arrumar uma notícia negativa para o presidente onde, rigorosamente, ele só tem o que comemorar. A seguir, a versão da Folha para a pesquisa Ibope.


Aprovação ao governo Lula cai 8 pontos, diz CNI/Ibope
da Folha Online

A aprovação ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva caiu 8 pontos percentuais de dezembro de 2006 para abril deste ano, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira. Em dezembro, 57% consideravam o governo como ótimo/bom. Em abril, esse percentual recuou para 49%.

A aprovação pessoal ao presidente Lula caiu de 71% em dezembro para 65% em abril, uma queda de seis pontos percentuais. No mesmo período, o percentual de desaprovação subiu de 23% para 29%.

A pesquisa CNI/Ibope foi realizada entre os dias 28 de março e 2 de abril com 2.002 pessoas de 140 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A parcela da população que considerou o governo Lula ruim/péssimo evoluiu de 13% em dezembro para 16% em abril. No mesmo período, a avaliação regular subiu de 28% para 33%.

Outros levantamentos

De acordo com a pesquisa CNT/Sensus, divulgada na terça-feira, o governo federal foi avaliado de forma positiva por 49,5% da população, o terceiro melhor resultado verificado desde janeiro de 2003, início do primeiro mandato de Lula.

E o desempenho pessoal do presidente Lula foi avaliado como positivo por 63,7% da população. A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 2 e 6 de abril com 2.300 pessoas de 136 municípios das cinco regiões do país.

Pesquisa Datafolha divulgada no mês passado mostrava uma queda de 52% em dezembro para 48% no percentual de avaliação ótimo/bom do governo Lula. A pesquisa Datafolha foi realizada entre os dias 19 e 20 de março em todo o país e ouviu 5.700 pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.