terça-feira, 3 de abril de 2007

Waldir pode pedir para sair

O boato da hora em Brasília dá conta da saída de Waldir Pires (PT-BA) do cargo de ministro da Defesa. O presidente Lula não quer demitir o velho companheiro no meio da crise – isto significaria a humilhação pública de um veterano das lutas pela redemocratização do País nos anos 70. No entanto, a única solução para uma rápida rearrumação da pasta da Defesa é a saída de Waldir, de sorte que ou ele pede demissão, ou deixa o presidente em má situação. Espanta que ele ainda não tenha percebido a situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.