quinta-feira, 29 de março de 2007

Soninha nega saída do PT

A vereadora Soninha Francine escreveu para a Folha de S. Paulo para negar a informação publicada no Painel dando conta da sua saída do PT. Ontem, este blog comentou a notícia e aventou a possibilidade de Soninha ser a primeira "vítima" da interpretação do TSE sobre a fidelidade partidária. Pode ser que Soninha realmente ainda não tenha "desistido do PT", conforme ela mesmo escreveu, desmentindo as 5 fontes da jornalista Renata Lo Prete, editora do Painel. Também pode ser que a situação criada pelo TSE tenha feito a vereadora mudar de idéia e aproveitar a oportunidade para contestar a Folha.

Um comentário:

  1. Luiz Antonio, nunca foi verdade a "notícia" de que eu estava negociando minha ida para o PPS. As "cinco fontes" da Renata Lo Prete mentiram - ou ela entendeu muito mal... Eu não aproveitei a oportunidade para contestar a Folha; era a única coisa que eu podia fazer, depois de o Painel escrever algo que não era verdade. PS: O TSE não "decide" sobre perda de mandato; ele emitiu um parecer, que pode ou não ter ser confirmado pelo STJ. Abs, Soninha.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.