terça-feira, 27 de março de 2007

A miopia da esquerda radical

A notícia abaixo está na Agência Carta Maior e pode ser lida, na íntegra, aqui.

O problema todo da esquerda parece ser uma certa miopia em relação ao governo do presidente Lula. Ora, se PSTU e PSOL acreditam que vale a pena jogar as fichas em um movimento contra as "reformas", estarão lutando contra o vento, porque o presidente Lula não deseja fazer reforma alguma em seu segundo mandato, nem trabalhista, muito menos previdenciária...

Sobre a "retirada dos direitos", o PSOL e o PSTU deveriam se posicionar em relação à Emenda 3 ao projeto que criou a Super Receita: afinal, são a favor do veto de Lula ou contrários? No momento, quem breca a "retirada de direitos" é o presidente e não a pressão da ultra-esquerda...


Seis mil se articulam em São Paulo contra reformas

Encontro convocado por movimentos sindicais e populares ligados ao PSTU e PSOL reúne milhares no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e propõe luta unificada contra possível flexibilização de direitos adquiridos. Iniciativa poderá revitalizar movimento sindical de base, aposta corrente ligada ao PSOL.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.