terça-feira, 4 de março de 2008

Tucano Virgílio crê em mula sem cabeça

Se não fosse uma irresponsabilidade e leviandade com uma empresa – a TAM – e com o governo brasileiro, daria até para rir do que fez hoje o senador Arthur Virgílio, do PSDB do Amazonas. No final da tarde, ele levou ao plenário do Senado a "denúncia" de que o governo brasileiro estaria transportando secretamente, por meio da TAM, toneladas de armamentos para a Venezuela. O ministro Nelson Jobim, da Defesa, de imediato esclareceu a questão, demonstrando cabalmente que nada do que Virgílio havia dito fazia o menor sentido. Pouco depois, a TAM divulgou a nota abaixo, que também esclarece a questão. Se contarem a Arthur Virgílio que comunistas ainda comem criancinhas, é bem capaz de que ele faça uma moção de protesto no plenário do Senado... Na verdade, o tucano parece estar prcisando urgentemente de um antigo remédio, muito eficaz para evitar vexames públicos: não hesite, senador, tome logo uma boa dose de simancol.

Nota de esclarecimento
Sobre declaração feita hoje no Senado sobre suposto transporte secreto de armamento para a Venezuela, a TAM esclarece:

1. A companhia não realiza "vôos secretos" à Venezuela ou a qualquer outro destino. A TAM mantém vôo regular diário para Caracas, de passageiros e cargas, desde setembro de 2007;

2. A pedido do Ministério da Defesa, a companhia realizou, em caráter de urgência, uma pesquisa em seus registros dos últimos 15 dias, sem encontrar nenhuma exportação de armas, e repassou essa informação às autoridades. Em seguida, iniciou buscas nos dias anteriores, localizando uma exportação de uma carga de revólveres Taurus para um importador venezuelano, totalizando 1.329,4 kg.

3. A exportação, que seguiu todos os trâmites legais, contou com as autorizações oficiais devidas, e o transporte desse tipo de carga pela TAM é autorizado pelo Exército (Certificado de Registro nº 34704, de 11.10.2006, válido até 30.09.2008), que também emitiu a permissão ao exportador (Guia de Tráfego nº 000319/2008, de 15.01.2008).

4. O transporte regular de exportações da Taurus também é feito para países como os EUA e Argentina, sempre cumprindo todos os requisitos previstos em lei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.