sexta-feira, 7 de março de 2008

Ainda sobre as articulações rumo a 2010

O sempre atento leitor Alexandre Porto pergunta: "E como fica Lula nesse primeiro cenário? O PMDB o abandonaria por Aécio no PSDB?"

Ainda é muito cedo para saber se o PMDB abandonaria Lula por Aécio, porque isto depende da avaliação da viabilidade do candidato apoiado por Lula e do tipo de aliança que o presidente vai articular. O fato é que é grande o entusiasmo dos peemedebistas com Aécio. Uma hipótese também vislumbrada pelos caciques do partido, mas que soa a "wishful thinking", como dizem os ingleses, é a chapa Aécio-Dilma ou mesmo Aécio-Gabrielli, com o beneplácito de Lula. Claro que ainda é muito cedo e que o presidente Lula vai trabalhar para viabilizar uma candidatura de sua estrita confiança, mas o que se informou na nota anterior não é "piada", como imagina Sérgio Telles, outro atento leitor do blog. É apenas e tão somente o que se comenta hoje no PMDB .

3 comentários:

  1. Mas estão fazendo cenários impossíveis:

    1. Lula JAMAIS admitiria um golpe por terceiro mandato;
    2. Aécio já falou mil vezes que não sai do PSDB (logo, assume-se como tucano entreguista e pró-mídia manipulada, como ele já faz lá em Minas);
    3. Lula lida com Aécio de forma diplomática, assim como conversa com o Uribe e com o Bush e no cenário nacional com o Serra e com outros políticos de oposição. Jamais apoiaria um candidato com perfil de reverter todas as conquistas que deram esse trabalho todo pra acontecerem, ele não é maluco.

    E eu continuo dizendo, nosso assunto tem que ser Dilma, Tarso, os candidatos NOSSOS... pra falar dos candidatos DELES, já tem a mídia golpista.

    ResponderExcluir
  2. Luis,

    Aécio não sai candidato pelo PSDB em 2010. Duvido que o Serra perca essa chapa depois de 2006.

    Num cenário sem reeleição, Aécio até poderia aceitar ser vice, mas uma chapa pura seria complicada.

    Em 2010, Aécio só tem chances no PMDB e com o apoio de Lula. Pois sem esse apoio ele não chega nem ao segundo turno.

    Fora isso, no PSDB, só em 2014 com a derrota de Serra ou 2018.

    Isso sem falar que temos Ciro e a 'mãe do PAC'.

    ResponderExcluir
  3. Sempre acreditei que Aécio não sairia do PSDB nem tinha chances de sair candidato em 2010. Só que os cenários mudam. E o Serra erra demais politicamente. Será que não poderia ter composto com o grupo do Alckmin após as eleições de 2006? Precisava mesmo afastar todo o grupo alckmista do poder? Mas é o estilo Serra.

    Nisso, o Aécio passa a ter chances de derrotá-lo dentro do PSDB.Sair para o PMDB e contar com o apoio do Lula é acreditar muito em sua estrela. Também não acredito na hipótese Lula apoiando o Aécio em 2010. É apenas jogo de cena, e como Sérgio Telles, uma forma diplomática.

    Não vejo Aécio vitorioso para a presidência em 2010. Nem quero ter esse sonho ruim.

    Abs.

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.