terça-feira, 4 de março de 2008

Não digam que não avisamos...

Manchete do Portal Terra na tarde desta terça-feira: "Bush expressa total apoio a Uribe em crise".
Não é tão difícil assim entender a política latino-americana, basta partir do pressuposto de que o que é bom para Bush não pode ser bom para nosotros... Se os norte-americanos estão dando suporte ao presidente colombiano Álvaro Uribe, é bom o resto da macacada ficar de olhos bem abertos para ver o que vem pela frente. Claro que na atual correlação de forças não dá para imaginar os EUA intervindo diretamente em uma América Latina cada vez mais esquerdista, mas a Colômbia pode se tornar, digamos assim, uma espécie de posto avançado dos interesses norte-americanos no sub-continente. Bem financiado e armado, Uribe poderá começar a fazer pequenas provocações com o objetivo de desgastar os presidentes Hugo Chávez, Rafael Correa e Evo Morales – os que mais incomodam Washington. De provocação em provocação, não será surpresa se a região caminhar para um conflito explícito, com o império americano fornecendo a devida retaguarda à Colômbia, que mal consegue combater os soldados das Farc...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.