quinta-feira, 27 de março de 2008

Paranóia paulistana 2

O leitor do Entrelinhas pode até não se informar sobre tudo neste blog, mas de algumas coisas fica sabendo antes por aqui, aliás bem antes: em 19 de março foi publicada a nota abaixo:

Paranóia paulistana - O "talking of the town" tucano-democrata (essa gente que apóia a dupla Serra-Kassab é chique e cosmopolita, não diz "conversa do momento", mas "talking of the town") é o trânsito na cidade de São Paulo. Para os amigos do governador que também são amigos do prefeito, está ocorrendo sabotagem petista no trânsito paulistano. "Quatro ou cinco carros em locais estratégicos podem parar a cidade", tem dito a quem quiser ouvir um poderoso secretário municipal. Pelo visto a paranóia do chefão Serra é contagiosa. Se o PT tem alguma culpa no cartório, é pelo sucesso do governo Lula em promover o desenvolvimento econômico no país, que está de fato colocando mais carros nas ruas todos os dias: nos tempos em que o excelso Fernando Henrique governou Pindorama, eram 100 caros a mais por dia; hoje são mil. Uma bela diferença.

Hoje, 27 de março, está na Agência Estado:

Para Kassab, existem pessoas sabotando trânsito - O prefeito Gilberto Kassab (DEM-SP) disse nesta quinta-feira, 27, que existem pessoas querendo prejudicar o trânsito da capital durante a inauguração do projeto Prainha do Parque Guarapiranga, na região da represa do Guarapiranga, na zona sul de São Paulo. Em entrevista à rádio CBN, Kassab comentou que foi encontrado um rapaz tentando cortar o pneu de um ônibus com uma faca, o que complicaria a situação no corredor exclusivo para os coletivos. O prefeito disse que essa foi a primeira vez que um caso desse tipo foi registrado. Kassab classificou a atitude como "criminosa" e disse que a prefeitura está atenta a esse tipo de atitude.

Um comentário:

  1. puts
    queimei minha língua Luiz

    no seu primeiro post sobre o assunto eu disse que isso era tão absurdo que nem o PIG dava trela ...

    ...bobinho eu

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.