sábado, 1 de setembro de 2007

Playboy teme a CPI da TVA?

A nota abaixo saiu no blog do Rovai. Se a versão for verdadeira, na semana que vem vai chover deputado retirando a assinatura do requerimento da CPI da TVA, só para poder ver os detalhes do que apenas (???) Renan Calheiros já viu....

(31/08/2007 12:15)

A edição da revista masculina Playboy que chega às bancas nos próximos dias não terá a ex-amante do presidente do Senado, Renan Calheiros, na capa. O ensaio sensual será de outra ex. A ex-namoradinha de Supla na Casa dos Artistas, a atriz Bárbara Paz.

A justificativa da editora Abril é que o ensaio de Mônica Veloso não ficou pronto a tempo para a edição deste mês. Este blog, porém, tem informações confiáveis de que a alegação é falsa e de que a revista estava diagramada com as fotos da ex-Renan, pronta para a impressão.

Com o crescimento das assinaturas de parlamentares para a criação da CPI da Abril-Telefônica no Congresso, um dos advogados da empresa dos Civita alertou que a publicação das fotos da principal testemunha do caso Renan numa publicação do grupo poderia trazer prejuízos ao processo. Afinal, a empresa estaria contratando e pagando caro por um trabalho dessa testemunha. Civita teria ordenado pessoalmente a suspensão da publicação das fotos da moça.

Foi nessa hora que o ensaio de Bárbara Paz, até então engavetado, foi editado às pressas para ser o destaque do mês.

E se o leitor está ansioso para ver as fotos da moça de Brasília, há quem diga que ele vá esquentar apenas as gavetas da redação. Enquanto o caso Renan não for resolvido e a ameaça de CPI da Abril-Telefônica não desaparecer Mônica Veloso ficaria, inclusive, sem receber o cachê.

Com a palavra a Editora Abril.

Um comentário:

  1. Luiz Antônio, a Abril é um cabaré e suas prostitutas são formadas por "jornalistas" que vendem suas mentes para um serviço "sujo". As "prostitutas" de profissão vivem vendendo suas carnes para sobreviverem, mas as prostitutas da Abril não.

    Luiz é necessária a nossa união para combater essa sujeira na Mídia Conservadora, não só com críticas, mas esclarecendo ao povo da internet o por quê.

    Um abraço, Daniel - editor do blog Desabafo País(Brasil).

    ResponderExcluir

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.