segunda-feira, 5 de junho de 2006

Vice de Heloísa provoca crise no PSOL

Não foi tranquila a indicação do editor César Benjamin para a vaga de vice-presidente na chapa de Heloísa Helena (PSOL-AL). A senadora nega, mas a indicação gerou um enorme desconforto em alguns setores do partido. Cesinha, como é conhecido, foi expulso da Consulta Popular, movimento que ajudou a fundar e tem suporte do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra). Entre os descontentes com o vice de Helena estão desde fundadores do PSOL, como os deputados federais Babá e Luciana Genro, intelectuais do porte de Plínio de Arruda Sampaio Jr., filho do candidato do partido ao governo paulista, e a militância sem-terra mais radicalizada, que descarta o voto no presidente Lula. Nos bastidores do partido, circula uma gravação de entrevista de Benjamin em que ele declarava, antes de ser indicado para vice da pré-candidata, evidentemente, que a melhor opção para o Brasil seria a eleição de Anthony Garotinho (PMDB). A aproximação de César com o ex-governador do Rio de Janeiro se deu por intermédio do ex-presidente do BNDES Carlos Lessa. Também causou insatisfação no PSOL a exigência de Benjamin, para aceitar o fardo de ser vice de Helena, de um salário mensal de R$ 6.000. Deve ser o primeiro candidato a vice da história do país com carteira assinada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.