domingo, 18 de junho de 2006

Como dizem por aí...

A fala irresponsável do candidato a vice-presidente na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB), senador José Jorge (PFL), segundo a qual o presidente Lula "só viaja e bebe muito, como dizem por aí", recebeu a condenação da maior parte dos colunistas de jornais. A reprovação ao golpe baixo de José Jorge veio até de gente do PFL – o governador paulista Cláudio Lembo fez questão de dizer que não gostou.

Provavelmente, no entanto, não terá efeito algum a reprovação dos jornalistas e correligionários ao baixo nível da campanha. A estratégia de Alckmin agora é colocar o seu vice para bater forte, partir para a agressão direta ao presidente. O raciocínio por trás desta estratégia é simples: perdido por um, perdido por mil.

Há de fato uma certa lógica neste movimento da campaha tucano-pefelista, mas é preciso ter cuidado com a dosagem do remédio. Se os petistas decidirem responder no mesmo tom e escalarem o ex-ministro Ciro Gomes, por exemplo, para sair por aí contando aos eleitores o que "dizem por aí" sobre a mulher de Geraldo Alckmin (créditos para Paulo Maluf e seu ladrão de casaca), essa campanha não vai acabar nada bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Entrelinhas não censura comentaristas, mas não publica ofensas pessoais e comentários com uso de expressões chulas. Os comentários serão moderados, mas são sempre muito bem vindos.